“Imprudente”: Torcida do Athletico-PR condena entrada de Nico em Vitor Roque

Nico Hernández, envolvido no lance com Vitor Roque, era jogador do Athetico-PR até o início do ano

Foi confirmado que Vitor Roque, atacante do Athletico-PR, sofreu uma lesão ligamentar da sindesmose do tornozelo direito na partida da última quinta-feira (21) entre o Furacão e o Internacional. O jogador teve que ser substituído de maca aos 10 minutos após prender o pé direito na grama ao sofrer um carrinho do zagueiro Nico Hernández, ex-atleta do CAP. Apesar do jovem não precisar de cirurgia no tornozelo, a torcida do time do Paraná não perdoou o defensor e condenou sua forte entrada.

Torcedores de outros clubes culparam que a lesão de Roque aconteceu pela grama sintética da Ligga Arena, pois o carrinho acontece na perna esquerda e o atacante sofreu a lesão no direito, preso no gramado. Essa questão não convence os athleticanos, que apontam imprudência de Nico – punido com cartão amarelo e vaiado pelo restante do tempo que ficou em campo. Parte da torcida do CAP também apontam omissão da árbitra vídeo da partida, Daiane Muniz (FIFA), por não chamar o juiz para expulsar o zagueiro.

Nico Hernández defendeu a camisa do Athletico-PR nas duas últimas temporadas, somando 48 partidas, dois gols e uma assistência. Fez parte do elenco campeão da Copa Sul-Americana em 2021. Em fevereiro desse ano, foi cedido ao Internacional, que ficou com 60% dos direitos federativos do jogador (o Furacão manteve 25% para uma venda futura).

Lesão pode finalizar passagem de Vitor Roque pelo Athletico-PR

Roque já está vendido ao Barcelona, da Espanha, em uma negociação que pode render até 74 milhões de euros (R$ 400 milhões). Apesar das informações iniciais apontarem que o atacante só iria ao clube catalão em junho do próximo ano, pode ser que o jogador se apresente ao Barça em janeiro de 2024.

Com a temporada brasileira próxima do fim, Roque terá que correr contra o tempo para voltar a defender a camisa rubro-negra. Normalmente, o ligamento demora de seis a oito semanas para cicatrizar, o que seria, no máximo, em novembro. Mesmo com a cicatrização, ainda há a recuperação física e trabalhos para aprimoramento, o que pode aumentar o prazo e finalizar a passagem do atacante de 18 anos pelo Furacão.

A ausência de Vitor pode dificultar as pretensões do CAP nessa temporada e até na próxima. Sem mais copas a disputar em 2023, o Athletico-PR foca totalmente no Brasileirão e busca uma vaga no G6 para garantir a participação na Libertadores em 2024. Nesse momento, o time do interino Wesley Carvalho está justamente na sexta colocação.

Brasileiro Serie A
# Seleção J V E D +/- Pontos
1

Palmeiras

38 20 10 8 31 70
2

Gremio

38 21 5 12 7 68
3

Atletico Mineiro

38 19 9 10 20 66
4

Flamengo

38 19 9 10 14 66
5

Botafogo

38 18 10 10 21 64
6

Bragantino

38 17 11 10 14 62
7

Fluminense

38 16 8 14 4 56
8

Athletico Paranaense

38 14 14 10 8 56
9

Internacional

38 15 10 13 1 55
10

Fortaleza EC

38 15 9 14 1 54
11

Sao Paulo

38 14 11 13 2 53
12

Cuiaba

38 14 9 15 1 51
13

Corinthians

38 12 14 12 -1 50
14

Cruzeiro

38 11 14 13 3 47
15

Vasco da Gama

38 12 9 17 -10 45
16

EC Bahia

38 12 8 18 -3 44
17

Santos

38 11 10 17 -25 43
18

Goias

38 9 11 18 -17 38
19

Coritiba

38 8 6 24 -32 30
20

America MG

38 5 9 24 -39 24

Próximos jogos do Athletico

  • Coritiba x Athletico-PR – Brasileirão Série A – Estádio Couto Pereira – domingo (01/10), 16h (horário de Brasília);
  • Athletico-PR x RB Bragantino – Brasileirão Série A – Ligga Arena – domingo (08/10), 18h30 (horário de Brasília);
  • Grêmio x Athletico-PR – Brasileirão Série A – Arena do Grêmio – quarta-feira (18/10), 19h (horário de Brasília).
Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Na comunicação, escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.