“Minha aposta, pelo que vejo”; Ronaldo fala sobre quem deve assumir a Seleção Brasileira

Ronaldo Názario de Lima, conhecido quando jogador como o Fenômeno, foi um dos grandes atacantes da história do futebol brasileiro e especializado em Copas do Mundo. Bicampeão mundial com taças em 1994 e 2002, o ex-jogador foi artilheiro na edição de 21 anos atrás com direito a dois gols na final.

Atualmente, o ex-jogador não largou o amor ao esporte e continua por dentro das estruturas do futebol como gestor. O Fenômeno é dono majoritário do Cruzeiro e do Real Valladolid, da Espanha, e ainda segue dando palpites em relação ao que acontecesse no mundo da bola.

Em entrevista à Betfair, Ronaldo analisou quem deveria assumir o comando técnico da Seleção Brasileira.

Ronaldo concorda com “alvo” da CBF e tem preferência por técnico que trabalhou quando era jogador

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) está pressionada a definir quem será o treinador da seleção no ciclo para a Copa do Mundo de 2026. Desde a saída de Tite, após o Mundial de 2022 no Catar, Ramon Menezes assumiu interinamente e comandará o Brasil nos amistosos neste sábado (17) e na terça-feira (22).

Ronaldo, com seu lugar de fala por toda a carreira histórica com a Amarelinha, tem preferência pelo italiano Carlo Ancelotti, do Real Madrid, da Espanha, técnico que trabalhou com o Fenômeno em seu período no Milan, da Itália.

 “Eu diria que minha aposta, pelo que eu vejo nas notícias, seria realmente o Ancelotti em primeiro lugar. Eu acho que o Abel Ferreira do Palmeiras em segundo lugar e o Fernando Diniz, do Fluminense, em terceiro lugar. Eu não faço parte da CBF, não tenho poder de decisão, mas eu acho que esses três treinadores são os mais propícios para assumir a Seleção Brasileira”, analisou o ex-atacante à Betfair.

O dono do Cruzeiro e do Valladolid se mostra otimista com o título da próxima Copa do Mundo, quando completará 24 anos do Brasil sem levantar a taça na qual é pentacampeão.

“Eu acredito muito no potencial que a Seleção Brasileira tem para acabar de vez com esse jejum de títulos, que está muito longo”, afirmou o Fenômeno.

Por fim, para Ronaldo, o atacante Neymar segue sendo essencial para seleção, além do grupo de jogadores, que já conta com uma participação na Copa do Mundo.

“Eu acho que a Seleção Brasileira tem uma série de jogadores incríveis para montar um grande time para a próxima Copa do Mundo. Nossos jogadores já pegaram experiência na última Copa, que ainda são jovens e a gente espera muito que o Neymar possa estar motivado para essa próxima competição, pois se ele estiver motivado, com certeza será muito importante para a nossa seleção”, completou.

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Na comunicação, escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.