Flamengo: Marcos Braz agride torcedor após cobrança; Veja o vídeo

Imagens mostram dirigente e seguranças agredindo um homem em um shopping

Viralizou nas redes sociais nesta terça-feira (19) um vídeo do vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, agredindo um torcedor junto de outro homem, aparentemente seu segurança, e sendo contido por um terceiro. O dirigente teria sido xingado. As informações e o vídeo foram divulgados pelo jornalista Venê Casagrande.

Marcos Braz explicou a Venê que estava junto de sua filha e duas amigas até que começou a ser hostilizado. “Eu estava com três meninas (uma filha de Braz) e ele estava comprando um presente para a minha filha. E o cara começou a me agredir verbalmente. Um absurdo.”

Também ao jornalista, o torcedor, que diz ter sido mordido por Braz, afirmou que apenas gritou para ele sair do FLa.

– Eu vi ele dentro da loja da Pandora. Só gritei para ele sair do Flamengo. Quando virei de costas e fui andando. Quando eu vi, ele correu atrás de mim. Ele e o segurança dele me agrediram. E ele me mordeu também. –

Flamengo: Marcos Braz agride torcedor após cobrança; Veja o vídeo
Torcedor alega ter sido mordido por Braz (Foto: Venê Casagrande)

Nas redes sociais, o torcedor envolvido na briga publicou um vídeo, onde mostra o que ele disse a Braz. No um minuto e 44 segundos gravados, o fã, acompanhado de outro, dizem ser da organizada Torcida Jovem e cobram o dirigente.

E aí, Marcos Braz. Chega aí. É o Flamengo, nós é (sic) Torcida Jovem, dá um papo em tu, mano, ‘bagulho' tá maneiro não. Trocar uma ideia, pô. É cobrança, isso aqui é Flamengo. Mó bagunça lá”, cobraram os torcedores.

Na sequência do vídeo, parecem receber uma resposta no dirigente, mas não é possível ouvir o que foi falado por Braz.

Segundo jornalistas que estão no shopping, Braz ficou preso na loja em que foi cobrado, cercado de torcedores e curiosos no shopping. Na sequência, ele saiu escoltado pela Polícia Militar e foi para delegacia.

Agressão acontece em meio às finais da Copa do Brasil

A agressão de Braz acontece dias antes da partida de volta da final da Copa do Brasil e pode trazer um ar ainda maior de pressão para o Flamengo. O clube carioca perdeu a ida por 1 x 0 para o São Paulo em pleno Maracanã e terá que vencer por pelo menos um gol no Morumbi neste domingo (24) para poder levar aos pênaltis – dois gols garantem o bi do Fla. A decisão inicia às 16h (horário de Brasília).

Braz e o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, foram xingados pela torcida presente no Maracanã na derrota para o Tricolor Paulista após a divulgação da renda da partida (a maior da história do futebol brasileiro). Os gritos dos rubro-negros foram “Ei, Landim. Vai tomar no c…”: e “Marcos Braz, vai se f…, o meu Flamengo não precisa de você”.

Brigas no elenco e fora dele: 2023 do Flamengo é violento

As brigas no Flamengo começaram no fim de julho desse ano. Após a vitória por 2 x 1 em cima do Atlético-MG, o preparador físico Pablo Fernández cobrou o atacante Pedro no vestiário por não aquecer durante a partida. A briga esquentou e o profissional deu um soco no rosto do jogador. Membro da comissão técnica do treinador Jorge Sampaoli, foi demitido por justa causa.

Menos de um mês depois, em 15 de agosto, às vésperas da semifinal da Copa do Brasil, o meio-campista Gerson e o lateral-direito Varela se desentenderam em um treinamento e o brasileiro deu diversos socos no rosto do uruguaio, que no dia seguinte jogou com uma máscara para proteger o nariz, fraturado.

Ainda há informações de insatisfação do elenco com o técnico Sampaoli, motivo que torna o desempenho do time abaixo.

Em 2023, o Flamengo não conquistou nenhum título e foi eliminado (ou perdeu a final) da Supercopa do Brasil, Campeonato Carioca, Mundial de Clubes e Libertadores. A Copa do Brasil pode ser a salvação da temporada, visto que no Brasileirão a distância para o líder Botafogo está grande.

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Na comunicação, escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.