EXCLUSIVO: Alessandro detalha ‘clima de final’ no Corinthians na Libertadores

O Corinthians joga nesta quarta-feira (7), às 19h (horário de Brasília), contra o Independiente del Valle, do Equador, em duelo no Estádio Banco Guayaquil, na altitude mais de 2800 metros em Quito, capital equatoriana.

A equipe paulista joga a vida na Copa Libertadores, visto que soma apenas quatro pontos, estando atrás do líder Argentinos Juniors dos equatorianos, com oito e seis de pontuação, respectivamente.

O Timão está em Quito desde ontem (13) e já treinou na capital do Equador. Confira o que disse Alessandro Nunes, gerente de futebol do Corinthians, ao Futebol na Veia.

Alessandro destaca que Corinthians precisa “depender apenas de si” para avançar

Em resposta ao repórter Guilherme Calvano, do Futebol na Veia, o gerente comentou a importância do clube de Itaquera somar os três pontos e depender apenas de si para se classificar às oitavas de final da Libertadores.

“A nossa delegação embarcou na segunda-feira, fez uma boa viagem. Na terça, fez um treinamento em Quito. Esse jogo é extremamente importante que faremos amanhã. É um jogo que a gente precisa pontuar e necessariamente buscar uma vitória para nos mantermos ali firmes numa classificação e não depender de ninguém”, afirmou Alessandro.

Caso perca, o Corinthians está eliminado. Um empate ainda deixa vivo, mas precisará ganhar do Liverpool, do Uruguai, na última rodada e torcer para que o jogo entre Argentinos Juniors e Independiente não empatar.

“A gente sabe que se não vier uma vitória, a gente coloca em risco nossa classificação e não (vamos) depender de nós mesmos. É sempre muito bom só depender de suas próprias forças. É uma preparação boa, a gente vai trabalhar muito, o Vanderlei montar a estratégia para que os atletas possam estar todos eles 100% no jogo de hoje e fazer seu melhor para um bom resultado contra o Independiente del Valle“, finalizou o dirigente do Corinthians.

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Na comunicação, escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.