Palmeiras: reencontro com Boca Juniors e Benedetto causa temor na torcida

Boca eliminou Palmeiras em 2018 com brilho do contestado atacante argentino

Na noite da última quarta-feira (30) foi definida a primeira semifinal da Libertadores. O Palmeiras apenas empatou com o Deportivo Pereira e garantiu sua vaga dentre os quatro melhores da América do Sul. Já o Boca Juniors teve que contar com o brilho do goleiro Sergio Romero nos pênaltis para avançar. Agora, brasileiros e argentinos se reencontram após cinco anos do último confronto, que não terminou bem ao Alviverde, fato que causa temor em torcedores nesse ano.

Na ocasião, era justamente na semifinal da Libertadores de 2018 e com a mesma ordem de mandos de campo. Primeiro, na Bombonera, o Boca bateu o clube paulista com dois gols de Darío Benedetto. No Allianz Parque, o centroavante argentino marcou mais uma vez e a partida terminou 2 x 2. A decisão foi o clássico argentino com o River Plate, que terminou como o campeão no Santiago Bernabeu.

A torcida palmeirense não esqueceu o que Benedetto fez naquelas duas noites de Libertadores e, além de temer uma nova grande atuação do atacante, querem vingança pela eliminação. O ataque xeneize ainda conta com outra possível grande história contra o Palmeiras: o uruguaio Miguel Merentiel, que pertence ao time paulista, mas está emprestado ao Boca. Ele poderá jogar, pois não há nenhum impeditivo no contrato entre os clubes.

Torcedores do Boca estão confiantes em Benedetto

O reencontro com o Palmeiras trouxe otimismo para a torcida xeneize. Apesar de não ser dos melhores Bocas dos últimos anos, os argentinos confiam que Benedetto terá outra grande noite e dará a classificação à final da Libertadores.

Para brilhar contra o Palmeiras, Benedetto precisa superar má fase

Nas últimas semanas, Dário Benedetto perdeu seu status de titular no time de Jorge Almiron. O atacante argentino viu Merentiel começar nas oitavas contra o Nacional, do Uruguai, e nas duas partidas com o Racing. Saindo do banco, o carrasco do Palmeiras somou apenas 30 minutos nesses quatro jogos decisivos da Libertadores.

Para piorar, quando teve oportunidade pela Copa da Liga Argentina, no último domingo (27), desperdiçou um pênalti na derrota por 1 x 0 para o Sarmiento.

Nessa temporada, o atacante soma sete gols e duas assistências em 26 partidas e não conseguiu ajudar o Boca a conquistar o Campeonato Argentino, competição na qual o clube terminou apenas em sétimo dentre 28 times.

Quando Palmeiras e Boca jogam?

A Conmebol ainda definirá as datas e o horário, mas é provável que Palmeiras e Boca Juniors joguem a ida em 27 de setembro, uma quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), na Bombonera, pela escolha da transmissão na TV aberta. A volta, no Allianz Parque, deve acontecer no mesmo horário em 4 de outubro, novamente quarta.

Do outro lado da chave, o Internacional é o semifinalista garantido e conhecerá seu adversário na noite desta quinta-feira (31). Com vantagem de dois gols, o Fluminense visita o Olimpia no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, podendo perder por até um gol para avançar.

Além da eliminação de 2018, o Boca nutre um histórico de respeito contra o Palmeiras. A equipe argentina venceu a Libertadores de 2000 em cima do Alviverde e ainda passou pelo clube paulista novamente no ano seguinte, dessa vez na semifinal.

Ao seu favor, o Palmeiras tem a eliminação nas quartas da Copa Mercosul de 1998. No histórico geral são 13 partidas, com três vitórias dos brasileiros, duas do Boca e sete empates.

Próximos jogos do Palmeiras

  • Corinthians x Palmeiras, Brasileirão Série A, Neo Química Arena, São Paulo-SP – 3 de setembro (domingo), às 16h (horário de Brasília);
  • Palmeiras x Goiás, Brasileirão Série A, Allianz Parque, São Paulo-SP – 15 de setembro (sexta-feira), às 21h30 (horário de Brasília);
  • Grêmio x Palmeiras, Brasileirão Série A, Arena do Grêmio, Porto Alegre-RS – 21 de setembro (quinta-feira), às 21h30 (horário de Brasília).

Próximos jogos do Boca Juniors

  • Boca Juniors x Tigres, Copa da Liga Argentina, Bombonera, Buenos Aires-ARG – 3 de setembro (domingo), às 18h30 (horário de Brasília);
  • Boca Juniors x Defensa y Justicia, Copa da Liga Argentina, Bombonera, Buenos Aires-ARG – 10 de setembro (domingo), às 16h (horário de Brasília);
  • Central Córdoba x Boca Juniors, Copa da Liga Argentina, Estadio Alfredo Terrera, Santiago del Estero-ARG – 17 de setembro (domingo), às 16h (horário de Brasília).
Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Na comunicação, escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.