Mudança deixa Ponte Preta com maioria do time de estreantes para dérbi de domingo

De antemão, a mudança no elenco, e principalmente no time titular, após o rebaixamento no Campeonato Paulista. Da mesma forma, deixaram a Ponte Preta com a maioria do time de estreantes em dérbis. Bem como, principalmente para a partida que acontece no próximo domingo (8) quando encara o Guarani às 16h (horário de Brasília), no Brinco de Ouro.

Assim, dos titulares do último jogo, diante do Brusque, sete jogadores ainda não disputaram o clássico campineiro. Do mesmo modo são eles: o goleiro Caíque França, o zagueiro Fábio Sanches, o lateral-esquerdo Artur. Todavia, os volantes Felipe Amaral e Ramon e os atacantes Echaporã e Danilo Gomes, além do técnico Hélio dos Anjos.

Ou seja, no caso de Felipe Amaral, o atleta já vivenciou a rivalidade nas categorias de base, onde chegou a marcar três gols contra o Guarani. Ainda mais, que a partida aconteceu durante um Paulista sub-15, mas vai participar pela primeira vez do dérbi entre os profissionais.

Mudança deixa Ponte Preta com maioria do time de estreantes

Porém, para Norberto, Thiago Oliveira, Léo Naldi e Lucca, também integrantes da espinha dorsal da Macaca, estiveram em campo no último encontro entre os rivais, pelo Paulistão. Ocasionalmente, na ocasião quando a Ponte perdeu por 3 x 0 no Brinco de Ouro.

Juntamente com isso, caso Artur, com problema muscular, seja vetado e entre Jean Carlos, a conta fica um pouco mais equilibrada entre “estreantes e experientes” em dérbis, já que Jean também atuou no último clássico.

Nesse ínterim, a Ponte não vence o Guarani há três partidas (duas derrotas e um empate). De maneira que, a Macaca tenta evitar o maior jejum em dérbis nos últimos 20 anos. Desde que quebrou o tabu de mais de 15 anos, em 2002, a Macaca não ficou quatro jogos seguidos sem vencer o Guarani.

Foto destaque: Divulgação/Álvaro Jr/ PontePress

Ainah Carvalho
Jornalista, apresentadora e apaixonada por futebol! Desde pequena eu sabia que tinha nascido para atuar em algo ligado ao esporte e cada vez mais tenho certeza que quero isso pra mim.