Nesta terça-feira (9), a lateral-direita do Santos, Bruninha foi convocada pela técnica Pia Sundhage para a disputa do Torneio Internacional de Manaus com a Seleção Brasileira. A princípio, as Guerreiras do Brasil enfrentarão Venezuela, Chile e Índia, na Arena Amazônia, entre os dias 22 de novembro e 1º de dezembro.

Bruninha é um dos destaques das Sereias

A saber, um dos pilares de Tatiele Silveira, a defensora comemorou a terceira convocação consecutiva. Além disso, Bruninha valorizou o trabalho com as Sereias da Vila como parte importante da boa fase individual.

“Eu não esperava a primeira convocação, mas a gente sempre trabalha para estar lá dentro. Muita gente fala que chegar na Seleção é fácil, o mais difícil é se manter lá dentro. Trabalho para que eu fique lá, que eu consiga me manter nas convocações, já é minha terceira. Agradeço por estar com grandes atletas no dia-a-dia do Clube, porque isso me agrega muito. Isso é muito valioso para mim, tenho que aproveitar com o máximo de vontade possível e isso não vai faltar nunca”, disse a lateral.

A paranaense chegou ao Peixe no início da temporada e pós frequentes convocações para as seleções de base, chegou à Seleção Principal em setembro. Aliás, Bruninha atuou contra Argentina e Austrália. Sendo assim, a jogadora mostra muito gratidão ao clube e às companheiras.

“O Santos vem proporcionando um processo muito valioso para mim, que venho crescendo profissionalmente dentro do clube. Fico muito feliz de poder representar o Santos nessas convocações. A minha primeira convocação para a Seleção Brasileira principal foi vestindo esta camisa e veio nesta temporada, que me fez crescer demais como pessoa e como atleta. Eu sou muito grata a isso e levo o Santos sempre comigo. Agradeço muito a todos os funcionários, à Nação Santista e principalmente às minhas companheiras de clube, que fazem com que essa evolução seja constante e que eu consiga me manter em alto nível”, completou as defensora.

Foto Destaque: Divulgação/ Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC.

Thaynara Bernardo
Apaixonada por futebol desde os 10 anos, encontrei no jornalismo uma forma de me conectar com essa grande paixão. Na faculdade, desenvolvi trabalhos que me tornaram uma profissional versátil, com fácil adaptação e que adora novos desafios. Espero que um dia eu consiga o meu lugar no jornalismo esportivo!