Meteu essa? Galvão Bueno faz afirmação polêmica e indica treinador jovem para o Flamengo

Galvão Bueno considera um jogador atual do elenco do Flamengo como possível treinador para o clube, na impossibilidade de Tite

Com a demissão de Jorge Sampaoli e a expectativa pela contratação de Tite, o torcedor do Flamengo aguarda um desfecho feliz de toda essa história, para enfim, ter algum momento de alegria em meio a tanta turbulência neste ano de 2023.

Uma das personalidades mais importantes da comunicação esportiva, Galvão Bueno, deu o seu parecer sobre esta situação do Flamengo envolvendo Tite, e fez uma sugestão, no mínimo, curiosa, sobre quem poderia comandar o time, caso o ex-técnico da Seleção Brasileira não venha para o Rubro Negro.

Para o ex-narrador da Globo, Tite seria uma ótima opção de treinador para o clube, mas caso não venha, Diego Ribas seria o nome para assumir a função de coordenador técnico, e Filipe Luís, o nome mais indicado para se tornar o novo treinador do Flamengo.

Como era de se imaginar, a fala de Galvão Bueno explodiu a internet na tarde desta sexta-feira, com os torcedores e internautas se dividindo entre concordar com a fala do jornalista, e criticar o argumento, considerando um absurdo a indicação de um profissional sem experiência com gestão assumir um clube do tamanho do Flamengo.

Torcida do Flamengo se divide por fala de Galvão Bueno

Filipe Luís é um jogador extremamente inteligente, e foi peça fundamental do time campeão da Libertadores em 2019. Toda a sua capacidade de liderança e de conhecimento sobre o futebol poderia fazer do lateral-esquerdo um excelente treinador.

Entendendo sobre esta possibilidade, parte dos internautas chegou a concordar com Galvão Bueno, entendendo que o atleta, caso venha a se aposentar, poderia ser utilizado pelo clube realizando a função de treinador.

Outros já defendem a tese de que Filipe Luís pode sim, se tornar um bom treinador, mas deve começar por “baixo”, pegando experiência a partir de trabalhos nas categorias de base, e ir formando seu perfil profissional de treinador a partir do trabalho nas camadas mais jovens.

Porém, há quem considerou uma ideia absurda, e criticou a fala de Galvão Bueno, considerando ainda que o recém-demitido narrador da Globo precisa “fechar a boca”, ao invés de dar a sua opinião em relação a um tema tão complexo.

Para muitos internautas, a função de treinador exige uma certa bagagem, pois envolve escolhas que aos olhos do profissional parecem certas teoricamente, porém, se não der o resultado esperado em campo, pode acabar comprometendo a carreira do profissional.

Mesmo Pep Guardiola, antes de se tornar o que se tornou no cenário internacional, passou um bom tempo como treinador das “canteras”, e adquiriu experiência e confiança dentro do clube para conseguir o status atual.

Rubro Negro tem histórico interessante de jogadores assumindo função de treinador

Aos saudosistas do futebol clássico dos anos 80, muitos vão se lembrar do mágico esquadrão do Flamengo que conquistou o Brasil, a América e o mundo. O time carioca foi o campeão brasileiro de 1980 diante do Atlético Mineiro, e venceu a Libertadores e o Mundial de Clubes do ano seguinte, contra o Cobreloa do Chile e o Liverpool, da Inglaterra, respectivamente.

Curiosamente, um dos treinadores que marcaram época neste período vitorioso foi justamente um ex-jogador, que tinha acabado de anunciar a sua aposentadoria. Paulo César Carpegiani era o treinador do título do Mundial de Clubes em 1981, e que também levantaria o título de campeão brasileiro em 1982.

Apesar de ser uma novidade para a época, o ex-meio campista começou em seu último clube como profissional sua caminhada como treinador. Assim como outro jogador desta época, Andrade, que era um dos volantes do time comandado por Carpegiani, e que depois seria o treinador do Flamengo no título brasileiro de 2009.

Sendo assim, não é de hoje que o Flamengo se dá bem ao indicar ex-jogadores para o cargo de treinador, e pode ter na figura de Filipe Luís, uma carta na manga para quem sabe, voltar aos tempos de glória, sem a necessidade de investir tanto na contratação de um novo profissional.

Flamengo busca a reabilitação no Campeonato Brasileiro

Sem vencer no Brasileirão há dois jogos, o Flamengo desceu na tabela de classificação, saiu do G6, e vê sua condição de classificação para a próxima Libertadores ficar ameaçada. Sendo assim, o time se prepara para encarar o Bahia neste sábado (30), às 16h (horário de Brasília), no Estádio do Maracanã.

Caso consiga a vitória diante do Esquadrão, o Rubro Negro vai aos 43 pontos, e dependendo do que acontecer na rodada poderá voltar ao grupo dos times que se classificam para a principal competição de clubes da América do Sul.

Vale ressaltar que o Palmeiras enfrenta o RB Bragantino em Bragança Paulista, e uma vitória do Alviverde pode ajudar o Flamengo a retomar seu posto dentro da zona de classificação para a Libertadores.

Lucas de Souza

Lucas de Souza

Repórter na equipe do Futebol na Veia e redator na Trivela, Lucas Souza é narrador do canal Futebol Interior e da Federação Paulista de Futebol.