“Eu avisei”: Galvão Bueno não poupa críticas para fase atual do Flamengo

O Flamengo de Jorge Sampaoli conheceu sua terceira derrota em quatro rodadas do Campeonato Brasileiro. O revés mais recente aconteceu no domingo (7), de virada, para o Athletico-PR, na Arena da Baixada. Com isso, a equipe soma apenas três pontos na competição e está em 16º, uma posição acima da zona de rebaixamento.

Desde abril no cargo, o técnico argentino está buscando consolidar um padrão tático ao time. Entretanto, com os resultados negativos, Sampaoli já sente a pressão externa. Galvão Bueno, histórico narrador e flamenguista assumido, disparou contra o comandante e a fase atual do time em post nas redes sociais.

Estou aqui acompanhando os momentos finais de AthleticoPR e Flamengo. Que coisa incrível, hein. Três derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro. Sampaoli tem duas vitórias contra times fraquíssimos, com obrigação de vitória e goleada. Sofreu mais de dez gols, sei lá, já perdi até a conta. O Flamengo caminha para a zona de rebaixamento”, disse o narrador.

As críticas não pararam por aí. Galvão relembrou o gasto que o Flamengo teve para demitir os técnicos recentes, como Vítor Pereira, e relembrou a saída de Dorival Júnior, campeão da Libertadores e da Copa do Brasil no ano passado.

Flamengo já gastou R$ 37 milhões em indenizações. Enquanto isso, o Dorival Jr. está acertando o São Paulo, que vai ganhando e o Flamengo vai trocando. Vem um técnico português, depois vem outro português. Agora vem o Sampaoli. Sampaoli, o futebol dele é muito ágil, ele é meio louco, vai trocando. Bota quatro atacantes, depois bota três, defesa fica completamente vulnerável, daqui a pouco vai começar a pedir jogador”, desabafou.

Bueno ainda externou o ‘aviso' que deu ao Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Rubro-Negro.

Até onde vai isso? Até onde vai esse Flamengo com o Sampaoli? Pressão, ataque, ataque, ataque, aí toma gol e perde o jogo. O que adianta? Está vendo, (Marcos) Braz? Eu falava, eu avisei todo mundo desde o início. Eu não gosto do trabalho do Sampaoli. Vai tumultuar ainda mais o time do Flamengo. Vou esperar para ver”, finalizou.

A torcida também está pressionando o clube, visto a recepção com muitas críticas e xingamentos da Braz no Aeroporto do Galeão na noite de domingo.

Para tentar amenizar o clima hostil fora de campo, o Flamengo tem novo desafio pelo Campeonato Brasileiro na próxima quarta-feira (10), com o Goiás, no Maracanã, às 20h (horário de Brasília).

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Na comunicação, escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.