Fábio Sanches se diz ansioso para o primeiro clássico pela Ponte

A princípio, que a Ponte Preta carrega uma lista de zagueiros no elenco não é surpresa para ninguém. Da mesma forma, as ausências acontecem devido a lesões, cartões e os revezamentos devem ser feitos. Assim sendo, mesmo no time desde junho de 2021, o zagueiro Fábio Sanches ficou no banco de reservas da Macaca no últimos três dérbis, incluindo a oitava rodada do Campeonato Paulista e turno e returno da Série B de 2021 – um empate e duas derrotas.

De maneira que, recuperado de lesão, o jogador espera participar do clássico campineiro pela primeira vez no domingo (8), às 16h, no Brinco de Ouro.

“Estou ansioso para o jogo e muito a fim de jogar, de participar, mesmo sendo no campo deles. Clássico é um jogo diferente, mesmo no banco eu vi como funciona esse dérbi aqui, como mexe com todo mundo na cidade, então estou confiante. Até pela nossa equipe que está numa sequência boa de jogos, numa crescente boa, então acho que temos de tudo para fazer um grande jogo”.

Nesse sentido, o jogador disputou apenas oito jogos na temporada até agora. Em outras palavras, foram cinco partidas pelo Paulista, até que um problema no joelho o deixou fora da reta final do estadual justamente quando a Macaca lutava contra o rebaixamento. Ou seja, pontua que ficar fora é sempre muito difícil e acaba sofrendo muito.

“Acompanhei a parte final do Campeonato Paulista. Toda a luta e sofrimento dos jogadores e comissão, de quem estava lutando pelo clube para permanecer. Foi um momento difícil, momento complicado e agora no início do Brasileiro, os dois primeiros jogos fiquei fora só acompanhando também” .

Fábio Sanches

Simultaneamente, em melhores condições físicas, o zagueiro vem recuperando seu espaço e marcou presença na lista de titulares do técnico Hélio dos Anjos. Juntamente com isso, nas últimas três rodadas da Série B, contra CRB (vitória 1 x 0), Vasco (derrota por 1 x 0) e Brusque (vitória por 2 x 0).

“Ainda não estava totalmente bem fisicamente. Então para mim foi um desafio muito grande, mas fico feliz que foram três bons jogos onde a gente conseguiu fazer seis pontos, são números que se a gente manter isso é bem grande a chance de acesso”.

Por fim, a Ponte ocupa atualmente o oitavo lugar na tabela do nacional, com sete pontos. Ainda mais, apenas um atrás da Chapecoense, que abre o G-4  e seis atrás do líder Bahia (13).

Foto destaque: Divulgação/ Diego Almeida/ PontePress

Ainah Carvalho
Jornalista, apresentadora e apaixonada por futebol! Desde pequena eu sabia que tinha nascido para atuar em algo ligado ao esporte e cada vez mais tenho certeza que quero isso pra mim.