Em ‘rodada perfeita’, Flamengo pode assumir vice-liderança e encostar no Botafogo; veja o cenário

A 11ª rodada do Campeonato Brasileiro pode terminar de maneira perfeita para o Flamengo. Em ascensão na temporada, o Rubro-Negro tem a ‘chance de ouro' de empilhar mais uma vitória e encostar de vez no líder Botafogo. Para isso, a equipe comandada por Jorge Sampaoli precisa vencer o Red Bull Bragantino, fora de casa, nesta quinta-feira (22).

Red Bull Bragantino x Flamengo se enfrentam a partir das 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, casa do Massa Bruta. Em virtude da derrota do Palmeiras para o Bahia na última quarta-feira (21), o Mais Querido pode ultrapassar o Alviverde na tabela e assumir a vice-liderança do certame.

Flamengo pode encostar no Botafogo

Caso o Flamengo vença o Red Bull Bragantino e o Botafogo não derrote o Cuiabá logo mais, o Rubro-Negro pode se aproximar do Glorioso. Atual líder do Brasileirão, o Alvinegro soma 24 pontos, dois a mais que o clube da Gávea. O time do técnico Luís Castro visita o Dourado às 20h (de Brasília) desta quinta (22), na Arena Pantanal.

De quebra, ainda que não triunfe em Bragança Paulista, o Flamengo não corre o risco de ser ultrapassado na tabela de classificação. Isso porque, Fluminense x Atlético-MG ficaram no empate em 1 x 1 na última quarta (21) e permaneceram na 5ª e 4ª colocação respectivamente. Vale destacar que o Rubro-Negro ocupa o 3º lugar atualmente.

Provável Flamengo para encarar o Bragantino

O atacante Pedro, que esteve com a Seleção Brasileira durante a Data FIFA, será o comandante do ataque do Flamengo contra o Red Bull Bragantino logo mais. Ayrton Lucas, Vidal, Erick Pulgar e Varela, que também serviram seus países recentemente, ficam como opções no banco de reservas.

Gabigol, Matheus França e Matheuzinho, todos em processo de transição, são os únicos desfalques do Rubro-Negro para a partida no Nabi Abi Chedid.

Desse modo, Jorge Sampaoli deve mandar a campo o seguinte time: Matheus Cunha; Wesley, Fabrício Bruno, David Luiz e Léo Pereira; Thiago Maia, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Everton Cebolinha e Pedro.

Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Carioca, 23 anos. Cobri o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Repórter de futebol nacional e sul-americano no Futebol na Veia.