Neste domingo (9), o Santos tem seu último compromisso pela 1ª fase da Copa São Paulo. Dessa forma, a bola rola a partir das 19h (horário de Brasília) contra a Ferroviária. A saber, ambas equipes estão com seis pontos e quem vencer assume a liderança isolada do Grupo 8 da Copinha.

Rwan fotógrafo + entrevista com Balão

Santos na Copinha 2022

Inicialmente, o Santos encarou o Operario-PR. O jogo teve muitos altos e baixos da equipe santista. Aliás, os Meninos da Vila pareceram afobados com a estreia e, com isso, levaram o gol de Andrezinho.

Por outro lado, após alterações de Elder Campos, a equipe começou a demonstrar ímpeto e conseguiu o empate com Lucas Barbosa. Depois disso, Rwan proporcionou a virada santista. Aliás, o belo tento do camisa 10 foi considerado o gol mais bonito da rodada e, assim, conquistou o Prêmio Dener.

Posteriormente, o Peixe venceu o Rondoniense por 3 x 0, com show de Weslley Patati. Inclusive, o clube publicou um vídeo da dupla Patati e Patatá parabenizando o camisa 7. Confira:

João Victor projeto Copinha 2022

De antemão, o meia João Victor já conta com um passe para gol na Copinha. Portanto, o camisa 8 projetou a classificação da equipe à 2ª fase do torneio mais importante da categoria. Ainda, projetou a briga pela liderança no duelo deste domingo (9).

“Conseguimos nosso primeiro objetivo, que era a classificação, mas ainda não estamos garantidos (na primeira colocação do grupo). É um jogo muito importante vindo por aí e vamos buscar a vitória para, se Deus quiser, colocar o Santos no lugar que ele merece estar, que é em primeiro, na liderança”, disse.

Sendo assim, o Balão falou da emoção que sentiu ao chegar no Peixe durante a temporada 2021: “A chegada ao Santos veio num momento muito importante da minha vida. Eu sei da grandeza do Clube e quando cheguei aqui ainda não tinha caído na real. Mas agora já está caindo a ficha de que estou aqui”, concluiu.

Foto Destaque: Divulgação/ Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC.

Thaynara Bernardo
Apaixonada por futebol desde os 10 anos, encontrei no jornalismo uma forma de me conectar com essa grande paixão. Na faculdade, desenvolvi trabalhos que me tornaram uma profissional versátil, com fácil adaptação e que adora novos desafios. Espero que um dia eu consiga o meu lugar no jornalismo esportivo!

Deixe um comentário