Torcida do Vasco questiona escala de arbitragem por erros anteriores; Relembre

Torcedores citaram erros anteriores do árbitro de campo e do VAR em partidas do Vasco

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu que o árbitro Flávio Rodrigues de Souza apitará o jogo entre Vasco e Coritiba nesta quinta-feira (21), no estádio São Januário, e Rodrigo D'Alonso Ferreira será o responsável pelo VAR da partida. No momento que soube das escolhas da entidade, a torcida vascaína relembrou que os árbitros já estiveram envolvidos com polêmicas contra o time carioca e cobrou dos dirigentes alguma medida contra a escalação da equipe de arbitragem.

No caso do juiz Flávio Rodrigues de Souza, a polêmica se deu no fim do Campeonato Brasileiro de 2020, disputado até o início de 2021. Na partida entre Vasco e Internacional, pela 36ª rodada, o VAR teve um problema técnico e não funcionou para analisar o primeiro gol marcado por Rodrigo Dourado, em posição questionável, para os colorados – Thiago Galhardo ampliaria e fecharia derrota dos cariocas, que foram rebaixados nesse ano. A contestação ao árbitro se dá porque na súmula do jogo ele escreveu que “Nada houve de anormal”, sem relatar o problema no vídeo.

Mais recentes, às críticas ao VAR Rodrigo D'Alonso acontecem por supostos pênaltis não marcados na derrota por 1 x 0 para o Santos em 14 de maio, pela 6ª rodada do Brasileirão 2023. O clube até enviou um ofício à CBF, alegando que tiveram três penalidades a favor do Gigante da Colina.

Nas redes sociais, os vascaínos se mobilizaram para pedir a substituição dos árbitros de campo e de vídeo, marcando os perfis de dirigentes, principalmente do CEO da SAF, Lúcio Barbosa. Para os torcedores, deve ser feita uma pressão pelo clube sobre a CBF pela escala dos juízes para o jogo com o Coritiba.

https://twitter.com/VitorH1898/status/1704156397783425384

Jogo contra Coritiba representa retorno de torcida a São Januário

O duelo contra o Coritiba é marcante e simbólico ao Vasco. Após 91 dias, o estádio São Januário poderá receber torcida. O clube assinou junto ao Ministério Público o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) e teve decisão homologada pela justiça.

A última vez que a casa vascaína recebeu seus torcedores foi em 20 de junho, quando a torcida atirou bombas e objetos no gramado, motivo para interdição de tanto tempo.

A torcida do Vasco precisou de apenas quatro horas para esgotar completamente as entradas para a partida com o Coxa. Todos os ingressos foram comercializados ainda para os sócios torcedores, nem chegando ao público geral.

O jogo é um confronto direto na luta pelo rebaixamento. Atualmente na 18ª colocação, o Cruzmaltino soma 20 pontos, cinco a menos que Goiás e Bahia, primeiros times fora do Z4 – com o adendo de ter uma partida a menos que o Esmeraldino e duas da equipe baiana. O Coritiba é o lanterna do Brasileirão com apenas três vitórias em 22 partidas.

Brasileiro Serie A
# Seleção J V E D +/- Pontos
1

Athletico Paranaense

1 1 0 0 4 3
2

Cruzeiro

1 1 0 0 1 3
3

Flamengo

1 1 0 0 1 3
3

Vasco da Gama

1 1 0 0 1 3
3

Fortaleza EC

1 1 0 0 1 3
3

Internacional

1 1 0 0 1 3
7

Palmeiras

1 1 0 0 1 3
8

Fluminense

1 0 1 0 0 1
8

Bragantino

1 0 1 0 0 1
10 Criciuma

Criciuma

1 0 1 0 0 1
10

EC Juventude

1 0 1 0 0 1
12

Atletico Mineiro

1 0 1 0 0 1
12

Corinthians

1 0 1 0 0 1
14

Botafogo

1 0 0 1 -1 0
15 Atletico GO

Atletico GO

1 0 0 1 -1 0
15

EC Bahia

1 0 0 1 -1 0
15

Gremio

1 0 0 1 -1 0
15

Sao Paulo

1 0 0 1 -1 0
19

Vitoria

1 0 0 1 -1 0
20

Cuiaba

1 0 0 1 -4 0

Próximos jogos do Vasco

  • Vasco x Coritiba – Campeonato Brasileiro – Estádio de São Januário – quinta-feira (21/9), às 19h (horário de Brasília);
  • América-MG x Vasco – Campeonato Brasileiro – Arena Independência – segunda-feira (25/09), às 20h (horário de Brasília);
  • Santos x Vasco – Campeonato Brasileiro – Vila Belmiro – sábado (01/10), às 16h (horário de Brasília).
Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Na comunicação, escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.