Sub-20 da Ponte Preta vive expectativa pela estreia na Copinha. (Foto destaque: Reprodução / EPTV)

De antemão, a Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha vem aí! A saber, o time sub-20 da Ponte Preta está na reta final de preparação para a estreia que acontece na próxima terça-feira (4), contra a Francana, às 17h45 (de Brasília), no Estádio Dr. José Lancha Filho, em Franca.

Assim como, para encarar o desafio, a Macaca será comandada por Eduardo Abdo. Bem como, o treinador assumiu o sub-20 neste ano e teve oportunidade de disputar a competição quando era atacante da base do Atlético-MG, em 2006. Eventualmente, pontuou que pode acontecer tudo no torneio:

“Sabemos que é um campeonato diferente, atípico, onde tudo pode acontecer. Mas tenho certeza que vamos chegar preparados pelo ano que a gente fez. Acho que foi um ano muito bom. Não conquistamos títulos, mas conseguimos alguns objetivos, como colocar jogadores no profissional.

Ocasionalmente, entre os garotos da base que ganharam oportunidade no time principal, está o goleiro Gabriel. Analogamente, o arqueiro foi relacionado contra o Santo André, no Paulista, e tem presença confirmada na Copinha.

“O primeiro jogo do campeonato em casa foi meu primeiro jogo como profissional na Ponte e foi uma experiência incrível. Mesmo não tendo entrado eu senti a emoção do vestiário e do jogo”, disse Gabriel.

Sub-20 da Ponte Preta

Por outro lado, a competição pode ser uma porta de entrada para a equipe profissional. Assim como, o atacante Thiaguinho quer aproveitar a oportunidade para prolongar o vínculo com o clube.

“Acho que todos que estão aqui almejam isso, subir para o time profissional. É um campeonato muito importante para mim, que eu possa fazer bastante gols e renovar meu contrato”.

Nesse ínterim, a Ponte está no grupo 5, com sede em Franca. Além da Macaca e da equipe dona da casa, Juventude e Confiança-PB completam a chave.

Afinal, o time se consolidou como um dos clubes mais tradicionais do futebol brasileiro, pois revelou grandes jogadores. Vale lembrar, a Ponte é campeã da edição de 1981 e 1982. Assim como, sendo vice cinco vezes, em 1975, 1977, 1986, 1995 e 1998.

Foto destaque: Reprodução/EPTV 

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs