Na tarde deste domingo (31), o Santos fez sua estreia pelo Campeonato Paulista Feminino Sub-17. Porém, o resultado não foi o esperado. Isso porque as Sereinhas da Vila empataram com o São Paulo por 0 x 0, no CT Rei Pelé.

Assista aos melhores momentos de Santos x São Paulo

Em breve.

1º Tempo: Jogo equilibrado e com poucas chances de gol

Inicialmente, a primeira chegada com perigo do Santos aconteceu aos 14 minutos. Após cobrança de escanteio pela direita, Myrelle Torres alçou a bola na área e encontrou Júlia Delprat, que subiu mais que as Soberaninhas para cabecear.

Entretanto, a finalização acabou explodindo na defesa tricolor, que bloqueou o cabeceio na pequena área. Depois disso, o jogo foi de muito equilíbrio entre as equipes, que até chegavam ao ataque, mas não criou grandes chaves para balançar as redes.

2º Tempo: Santos pressiona, mas Luana garante o empate

Na volta do intervalo, o clássico continuou muito pegado no meio-campo. Sendo assim, a primeira grande chance das Sereinhas aconteceu aos 26 minutos. Mais uma vez de bola parada, Gi Fernandes teve falta pela esquerda. A camisa 10 bateu colocado e acertaria o canto direito da goleira Luana. No entanto, a arqueira tricolor se esticou e fez grande defesa.

Em seguida, o Santos chegou com muito perigo após jogada em velocidade pela esquerda. A saber, Luaninha abriu para Ana Barboza, que, em seguida, bateu cruzado e fez a bola passar pela frente do gol na pequena área. Ainda, Nicole Marussi tentou empurrar para dentro com um carrinho, mas a pelota acabou passando pela camisa 17 e saiu em tiro de meta.

Santos x São Paulo – E agora?

Agora, ambas as equipes voltam a campo no próximo domingo (7). Portanto, o Santos encara o Corinthians às 11h, no Estádio Alfredo Schürig. Por outro lado, o São Paulo joga contra o Centro Olímpico, no CFA Laudo Natel, às 15h (ambos em horário de Brasília).

Foto Destaque: Divulgação/Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Thaynara Bernardo
Apaixonada por futebol desde os 10 anos, encontrei no jornalismo uma forma de me conectar com essa grande paixão. Na faculdade, desenvolvi trabalhos que me tornaram uma profissional versátil, com fácil adaptação e que adora novos desafios. Espero que um dia eu consiga o meu lugar no jornalismo esportivo!