Ponte Preta vence a segunda e chega aos 19 pontos. (Foto destaque: Alvaro jr/ PontePress)

Em primeiro lugar a Ponte Preta está voando. Tal como após a vitória contra o Londrina na última quarta-feira (11), o time teve uma sequência boa em casa de duelos diretos. Do mesmo modo quatro dias depois, após a vitória contra o Confiança, no último sábado (14) a Veterana deixou o gramado mais aliviada.

Assim também com as vitórias seguidas sobre Londrina e Confiança, o time fechou uma semana boa fora da zona de rebaixamento. Simultaneamente o placar de 4 x 2 mesmo que o resultado no final fosse o fundamental no momento. Bem como o time também mostrou um futebol melhor, principalmente no setor ofensivo.

Da mesma forma 2×0 com 10 minutos deu a impressão de que atropelaria o adversário. Juntamente com isso o time até criou chances para definir o jogo ainda no primeiro tempo, mas acabou levando um gol de falta do lateral-esquerdo João Paulo. Assim também em uma nova cobrança de falta de João Paulo, aos 31, desta vez com colaboração da barreira, deu uma sobrevida ao Confiança.

Em suma, no geral, apesar dos sustos a Ponte foi superior do início ao fim. Por outro lado vale destacar as boas atuações de Fessin, Niltinho e Moisés. Ou seja, a atuação ofensiva mostra a evolução de uma equipe que tem apresentado uma ideia de jogo que antes não se via.

Em conclusão, com 10 pontos conquistados nos últimos 15 possíveis, além de vencer duas seguidas pela primeira vez na Série B e fazer quatro gols num jogo pela primeira vez na temporada é um sinal que a Ponte é isso e ainda tem muita luta.

Ponte Preta

Ainda mis que o time na próxima terça-feira (17), mais um duelo importante. Por outro lado enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira, em Curitiba  e quer seguir essa sequência de duas vitórias seguidas.

 

 

(Foto destaque: Alvaro jr/ PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs