Operário x Rondoniense

Na noite deste domingo (9), Operário x Rondoniense se enfrentaram pela 3ª rodada do grupo 8 da Copinha 2022, no Estádio Doutor Adhemar de Barros. Apesar de não ter mais chances de passar para a próxima fase da competição, a equipe do azulão atropelou o adversário. Afinal, fechou a sua participação vencendo por 3 a 0, o elenco alvinegro.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE Operário x Rondoniense

1º tempo: pênalti perdido e show de gols para a equipe do azulão

Com um aproveitamento superior, o elenco do Rondoniense não deu chances para a equipe do Operário. Afinal, apertou o clube adversário quase todo o tempo. Todavia, foi depois dos 20′ iniciais que a partida começou a esquentar. Ou seja, neste período houve pênalti cobrado e defendido. Entretanto, sem desistir e 04′ depois, o time do azulão abriu o placar. Berguinho cobrou o escanteio na área e Lipe Possato se antecipou e cabeceou no ângulo. Ainda mais, aos 35′, na jogada com Matheus Oliveira, Lipe, mais uma vez, apareceu para cravar no fundo da rede. Sendo assim, finalizando o primeiro tempo com 2 a 0 sobre o Fantasma.

2º tempo: mais 90 minutos de gols para a equipe do azulão

Na volta do intervalo, o elenco do Operário entrou em campo buscando uma reação dos lances perdidos. Em suma, insistindo na velocidade pelas pontas. Contudo, sem êxito viu o adversário pegando o contra-ataque e levando, mais uma vez, a melhor. Aos 17′, no passe que começou com Berguinho, terminou aos 28′ com Giulliano mandando para o fundo da rede. Em seguida, ambos clubes até tentaram emplacar mais alguns gols. Todavia, viram o placar ficar no 3 a 0. Sendo assim, vitória histórica para os meninos do Rondoniense.

Operário x Rondoniense – e agora?

Por fim, apesar do resultado da rodada, ambas as equipes não passam para a próxima fase da competição. Ou seja, Operário e Rondoniense, finalizaram nesta partida as suas participações da Copinha 2022.

Foto Destaque: Divulgação/ GE

Amanda Scarlatt
Amo poder ter o jornalismo como a minha maneira de expressão. Sou apaixonada pelo meio digital e tudo que podemos construir nele na comunicação. Acredito fielmente na essência de uma boa matéria jornalística: a investigação. Afinal, independente da sua editoria e formato, o jornalismo pode mudar vidas. Enfim, VIVA O JORNALISMO!