Ibrahimovic aposentou sem vencer gigante brasileiro; veja

O atacante sueco Zlatan Ibrahimovic encerrou a sua carreira no futebol neste final de semana. A despedida acontece na vitória do Milan, sobre o Hellas Verona, pelo placar de 3 a 1, na última rodada do Campeonato Italiano.

A torcida milanista fez diversas homenagens ao craque, que se aposentou aos 41 anos. O atacante coleciona passagens por grandes clubes, como Barcelona, Paris Saint-Germain, Milan, Juventus e Inter  de Milão, entre outros.

O gigante do futebol brasileiro que não foi derrotado por Zlatan Ibrahimovic

Em sua vitoriosa carreira pelo futebol europeu, um fato é curioso sobre o desempenho do atacante sueco. Isto porque, em dois amistosos disputados contra o Internacional, de Porto Alegre, ele não conseguiu vencer nenhum. Ao total, foram um empate, onde foi derrotado nos pênaltis posteriormente, e uma derrota. Ele também marcou um gol.

O primeiro confronto aconteceu em 2008, na decisão da Copa Dubai. Naquela oportunidade, o Colorado venceu por 2 x 1 e se sagrou campeão. O time gaúcho esteve sob comado de Abel Braga e venceu com gols de Fernandão e Nilmar. Por outro lado, Jiménez descontou para os italianos. O sueco recebeu um cartão amarelo na partida.

Alguns anos mais tarde, Zlatan também enfrentou o Inter por um clube italiano: o Milan. O duelo foi válido pela decisão de 3º lugar da Audi Cup, que também contava com Bayern de Munique e Barcelona.

No duelo entre as equipes, 2 x 2 no tempo normal e o Colorado venceu nos pênaltis, por 2 x 0. Os gols da partida foram marcados por Ibrahimovic e Alexandre Pato, para o Milan, e Andrés D'alessandro e Leandro Damião, para o Internacional.

O goleiro Renan, do Inter, defendeu três cobranças e foi o destaque da vitória gaúcha nas cobranças de penalidades. Um dos pênaltis defendidos foi de Pato, que marcou na partida, mas desperdiçou a cobrança. O jogador também foi revelado pelo Clube do Povo.

Paulo Sérgio Nunes

Paulo Sérgio Nunes

Jornalismo, na melhor faculdade de Portugal: a Universidade do Porto. Cobertura de Libertadores, Champions League in-loco.