Entenda o caso envolvendo o calote milionário envolvendo os jogadores Gustavo Scarpa e William Bigode

Na última semana, um caso envolvendo os jogadores Gustavo Scarpa e William Bigode tomaram conta da internet. Ambos os atletas teria levado um calote milionário de uma empresa de investimentos que tem o ex-atacante do Verdão, William Bigode, como um dos sócios.

Além disso, alguns outros atletas também podem estar envolvidos, tendo também sofrido com a perca de dinheiro e que tem os donos já falado sobre o assunto se dizendo também vítimas de uma outra empresa internacional.

Gustavo Scarpa entra na justiça contra a empresa de William Bigode

A alguns anos atrás, Gustavo Scarpa e William Bigode, atuavam juntos no Palmeiras. Então, acabaram criando um vínculo de amizade e confiança um no outro muito forte. Assim, em um momento de sua carreira, Scarpa queria buscar um bom investimento para colocar o seu dinheiro e na ocasião, seu companheiro de equipe e amigo, acabou indicando a empresa Xland, onde havia investido cerca de R$ 17 milhões de reais.

Essa empresa é a Xland, que é focada em investimentos em criptomoedas. Então, Gustavo Scarpa acabou investindo cerca de R$ 6 milhões de reais, com uma promessa de receber 5% a mais do investido. Para entender melhor, se caso alguém investir R$ 100 mil reais, receberia 105 mil reais.

Porém, após um tempo Gustavo Scarpa começou a desconfiar do trabalho da empresa e acabou pedindo o reembolso do que foi investido. Mas, acabou recebendo apenas R$ 1.200 reais, o que deixou o atleta muito preocupado e que em conversa de WhatsApp com William Bigode, acabou falando que teria que entrar na justiça contra a empresa.

“Bigode, o meu advogado está me orientando a fazer um B.O, mano. Criminal. Na polícia mesmo. Pelo respeito, amizade, consideração e amor que eu tenho por você, queria te dar um toque antes. Infelizmente vou ter que falar da sua empresa”

Scarpa se mostra muito triste com o ocorrido

Ainda conversando com William Bigode, Gustavo Scarpa se mostrou muito triste com o ocorrido, dizendo até que se sentia frustrado com tudo já que via várias pessoas caindo em golpes assim e que não acreditava que ele havia caído e se sentia burro com tudo o que aconteceu.

Porém, William Bigode ainda disse que não tinha nenhum envolvimento com o ocorrido e que também era uma vítima, que agora o que restava para ele e Gustavo Scarpa era apenas orar.

Além disso, em entrevista a TV Globo, um dos representantes da Xland disse que está ciente de todo o ocorrido e que está correndo atrás de resolver tudo. Porém, também comentaram que a empresa também era uma vítima, já que a empresa que eles usavam para investir, acabou quebrando e deixando milhares de pessoas no mundo todo no prejuízo.

Por fim, está história ainda tem muito a se desenrolar, já que mais alguns jogadores estão envolvidos, entre eles outro ex-companheiro de equipe de Gustavo Scarpa e William Bigode, o lateral Mayke e o dono da empresa Xland também disse que o goleiro da seleção brasileira Weverton, também teria investido.

Foto Destaque: Divulgação/Palmeiras

Gilvan Alves

Gilvan Alves

Sou Gilvan Alves, tenho 23 anos, estudante de jornalismo, e desde pequeno apaixonado por futebol Brasileiro e europeu.