Atlético-MG tenta Jorge Jesus, mas vê negociação difícil

Uma nova reunião entre Atlético-MG e Jorge Jesus deve acontecer até quarta-feira (5). A princípio, no entanto, os dois lados possuem visões distintas com relação a um possível acerto.

Para o Galo, a conversa pode encaminhar o acerto com o favorito para assumir o lugar de Cuca. A ideia é essa. Para Jorge Jesus, de acordo com uma fonte (do staff do treinador), a reunião deve acontecer “por uma questão de cortesia e educação”. O português não deve aceitar a proposta atleticana.

A situação pode mudar conforme for a conversa. A fonte ouvida disse que aconselhou pessoalmente Jesus a não aceitar o Galo. A passagem recente pelo Flamengo – onde conquistou praticamente tudo – ainda pesa. Na avaliação de parte do staff do treinador, ele pode retornar ao Brasil para comandar outra equipe, mas não agora.

A primeira reunião entre Atlético-MG e Jorge Jesus aconteceu na última quarta-feira (29). O diretor de futebol Rodrigo Caetano foi quem conduziu por parte dos mineiros. Um novo encontro (com a presença de investidores) chegou a ser marcado, mas ainda não aconteceu.

Outra fonte afirmou nessa segunda-feira (3), que a conversa deverá acontecer na terça (4) ou quarta (5). Entretanto, há um problema. Não há mais a garantia da presença dos “4R'S”. Dessa maneira, Rodrigo Caetano junto do presidente Sérgio Coelho devem representar o clube.

O plano B, caso a negociação com Jesus não aconteça, é Carlos Carvalhal, também português, de 56 anos. O que pode dificultar a negociação é que no momento o treinador está empregado (Braga).

Foto destaque: Reprodução/ Flamengo

André Merice
Sou somente mais um louco apaixonado por futebol!