Sasha é novo reforço do Atlético Mineiro. (Foto destaque: Reprodução/ Atlético-MG)

A princípio o Atlético-MG anunciou sua oitava contratação na “era” Sampaoli. Bem como, o Galo fechou negócio com Eduardo Sasha, atacante de 28 anos, que estava no Santos.

O negócio chegou uma conclusão graças ao acerto entre o jogador e o Peixe. Ainda mais sobre a retirada de uma ação judicial no valor de R$ 15 milhões movida pelo atleta contra o time paulista. Ainda assim, a pendência foi resolvida e Sasha se junta a Sampaoli.

“Com responsabilidade, continuamos a reforçar nosso time. Bem-vindo, Sasha!”, escreveu o mandatário no anúncio realizado em sua conta oficial no Twitter.

Do mesmo modo, o time mineiro irá pagar 1,5 milhão de euros (cerca de de R$ 10 milhões) para contar com o atacante durante quatro anos.

O novo futebolista do Atlético terá como concorrente mais direto Marrony por uma vaga como “falso” camisa 9 do time. No entanto, há grande revezamento da equipe do técnico argentino, o craque terá o seu espaço no Galo.

Da mesma forma, o atacante já vestiu a camisa alvinegra e deu suas primeiras declarações como jogador do time mineiro:

“Estou muito feliz por vestir essa camisa, podem ter certeza que irei dar o meu melhor e, com certeza, temos tudo para ter um ano muito feliz”, destacou.

Sasha ainda falou sobre suas expectativas:

“A expectativa é das melhores, estou muito feliz e motivado com esse novo desafio. Tenho certeza que as coisas tendem a ser muito boas, então, estou muito feliz e motivado para que a gente possa ter um excelente ano”, disse.

Em conclusão, pelo Santos foram 104 partidas com 23 gols anotados, sendo 14 deles no Brasileirão de 2019, sob comando de Sampaoli.

(Foto destaque: Reprodução/ Atlético-MG)

Avatar
Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Artigos Relacionados