Com menos de um mês de trabalho, Wagner Lopes vem se firmando no comando do Vila Nova. Assim, o técnico conquistou três vitórias em três jogos. Além disso, a equipe fez nove gols e não levou nenhum. Entretanto, o professor não quis assumir o favoritismo para levantar a taça do Goianão 2021.

Acho que ainda tem muito campeonato. Não vejo que já temos algum tipo de favoritismo. É difícil falar isso, mas ser favorito é uma coisa que não passa na nossa cabeça. Além disso, tem time formado a mais tempo. A própria Aparecidense está na nossa frente. O Goiás, apesar de não estar em um momento bom, mas, pela estrutura que tem, o tamanho e a história, a gente sabe que é um time que vai buscar a recuperação. Nós, humildemente, trabalhamos o máximo que podemos a cada dia, com os pés no chão e respeitando todos os adversários, vamos buscar fazer o nosso melhor”, declarou Wagner Lopes.

Próximo compromisso do Vila Nova 

Depois de vencer o Goianésia fora de casa na quinta-feira (1º), o Vila Nova agora recebe a equipe do interior. Assim, neste domingo (4), os times voltam a se enfrentar pelo 2º turno do Campeonato Goiano. Com isso, o duelo será às 16h (horário de Brasília), no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia.

Contudo, o Colorado ainda não pode contar com o Alan Mineiro. A saber, o meia foi punido pelo TJD-GO e deve ficar mais dois jogos fora. Ainda assim, o jogador fica à disposição do técnico Wagner Lopes para o duelo contra o Juventude, na quinta-feira (8), pela Copa do Brasil. A saber, a pena vale somente para o Goianão.

Por fim, enquanto o Tigre ocupa a vice-liderança do Grupo B do torneio estadual, com 10 pontos, o Azulão está na 5º posição, com três. Além disso, o time da capital conta com um dos artilheiros do Campeonato Goiano: Pedro Júnior, que tem três gols.

Foto destaque: Divulgação/Vila Nova FC

Danyela Freitas
Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).

Deixe uma resposta