Primeiramente, depois de vencer o Goianésia fora de casa na quinta-feira (1º), o Vila Nova agora recebe a equipe do interior. Com isso, o técnico do Colorado, Wagner Lopes, analisou a partida e garantiu que precisa saber como os jogadores retornam para pensar na escalação.

“A princípio, estamos aguardando a reapresentação dos jogadores para vermos como cada um vai se reapresentar. Além disso, queremos saber como está a questão de dor muscular, nível de cansaço e esforço. Ainda tem os dados que o departamento médico e fisioterapia passa para gente, na questão de CK. Isso tudo nos dá uma ideia de como montar a escalação para o próximo jogo. No entanto, não temos esses dados ainda. Então, depois disso, vamos pensar na escalação, mas, ao mesmo tempo, temos que recuperar os jogadores”, garantiu o treinador.

Vila Nova jogando em casa

Em síntese, neste domingo (4), os times voltam a se enfrentar pelo 2º turno do Campeonato Goiano. Sendo assim, o duelo será às 16h (horário de Brasília), no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. Com isso, Wagner Lopes analisou o duelo passado e pediu cautela para o próximo.

“Um pouquinho mais de felicidade nas finalizações teria um placar um pouco mais largo. Contudo, a defesa do Georgemy foi em um momento chave da partida. Se a gente toma o gol ali, a história do jogo seria diferente. É um adversário com o qual a gente não pode entrar em zona de negligência ou zona de conforto. Mesmo em casa, vamos ter que dar nosso melhor para fazer um bom resultado novamente”, destacou Wagner Lopes.

Foto destaque: Divulgação/Vila Nova FC

Danyela Freitas
Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).

Deixe uma resposta