Rueda explica demissão de Diniz: "O prazo era o fim do primeiro turno"

Antes de mais nada, o presidente do Santos, Andres Rueda, explicou a saída do do técnico Fernando Diniz e afirmou que os resultados ruins se acumularam. Dessa forma, Rueda agradeceu ao trabalho prestado do treinador e desejou uma boa sorte.

RUEDA DESTACA RESULTADOS RUINS DE DINIZ 

Em suma, Rueda destacou o trabalho de Fernando Diniz no comando do Santos. Assim, o presidente do Peixe também destacou que a falta de resultados fez com que o técnico fosse demitido.

“Agradecer ao Fernando Diniz pelo trabalho que fez e desejar toda a sorte do mundo. Não poderia deixar de lembrar dele. Uma coisa é o trabalho, e estava contente com o trabalho no momento. Gosta de trabalhar, com bom ambiente no vestiário. Os resultados não aconteceram, infelizmente, e tenho a máxima de não tentar enganar. Trabalho é igual força x deslocamento. Não adianta fazer força se não conseguir deslocar um centímetro da parede. Trabalho vira zero. Não tinha nada contra o trabalho, mas dentro do planejamento havia uma data para o resultado aparecer. O prazo era o fim do primeiro turno. Achamos o resultado aquém e resolvemos mudar. Muitas vezes é melhor errar por ação do que omissão. Era obrigação do Comitê de Gestão provocar mudanças, mas não tem a ver com a forma de trabalho. Vai chegar uma época que teremos condição de trabalho a longo prazo independentemente de resultados imediatos, mas não é o caso ainda”, avaliou.

RUEDA DESTACA TRABALHO PARA O TIME DO SANTOS

Por fim, Rueda destacou que a diretoria do clube está trabalhando para reforçar cada vez mais o elenco. Assim, destacando que a chegada de Diniz foi unanimidade dentro do clube. Dessa forma, Rueda afirmou que os resultados ruins não blindam o treinador.

“Futebol não está largado ou bagunçado. Estamos reestruturando. Contratamos 10 jogadores pontuais, mudamos a base, a parte médica… Estamos dando a estrutura. Holan era unanimidade quando veio, Diniz era um consenso de nome certo para o momento… Mas futebol é resultado. E não agrada, não tem como negar. Quando não vem, não adianta enganar. Pode ser rebaixado e perder tudo que não acontece nada? Era obrigação tentar mudar”, concluiu.

PRÓXIMO JOGO DO SANTOS

Decerto, o Peixe terá uma semana livre para treinar. Dessa forma, poderá contar com alguns reforços para seu próximo jogo, que será contra o Bahia, no próximo sábado (11). O duelo será pela 20ª rodada do Brasileirão. Assim, o duelo entre as duas equipes da parte de baixo da tabela, que buscam uma melhora na competição nacional.

POR FIM, CONFIRA MAIS SOBRE O SANTOS:

Foto destaque: Divulgação/Ivan Storti/SFC

Alef Sousa
Sempre fui apaixonado por esportes, especialmente futebol. E vi através do jornalismo uma oportunidade de estar trabalhando com a minha Paixão. Estou no 3º Semestre da faculdade de Jornalismo. Meu grande Objetivo é torna-me repórter de campo e cobrir grandes competições. Sou um cara, extrovertido, animado, comunicativo e cheio de vontade de aprender.