Moisés Ribeiro é a primeira contratação da Ponte Preta para 2022. (Foto destaque: Divulgação / PontePress)

A princípio, na noite desta sexta-feira (17), a Ponte Preta anunciou Moisés Ribeiro, volante que é a primeira contratação para temporada 2022. Tal como, o futebolista, com 30 anos, defendeu a Chapecoense nesta temporada.

Juntamente com isso, o atleta é aguardado pelo clube em janeiro para passar por exames clínicos e físicos. Assim também, se for aprovado, o vínculo até o fim da Série B do ano que vem será confirmado. Por outro lado, o volante, diz estar animado com esse novo desafio:

“Estou muito feliz e motivado em ir para um time de tanta tradição. Quero deixar minha marca, fazer de tudo para ficar na memória do clube”

Vale lembrar, nesta temporada, o futebolista fez 40 jogos pela Chape. Ainda mais, o atleta estava no clube catarinense desde 2016.

Moisés Ribeiro

Nome: Moisés Ribeiro Santos
Posição: volante
Pé preferencial: direito
Data de nascimento: 03/03/1991
Naturalidade: Salvador/BA
Altura: 1m79
Peso: 74kg
Principais clubes que defendeu: Chapecoense, Avispa Fukuoka (JAP), Sampaio Corrêa, Linense, Mogi Mirim, Boa Esporte.

Por outro lado, a Ponte segue no mercado para renovar o plantel. Primeiramente, o clube anunciou o comandante Gilson Kleina, na sequência o zagueiro Fábio Sanches e logo depois o goleiro Ygor Vinhas.

Eventualmente, a Alvinegra ainda tenta resolver situações com três atletas que estavam emprestados por clubes da Série A. Ou seja, Felipe Albuquerque, lateral-direito, Fessin, meia, e Marcos Júnior, volante. De forma que, todos interessam à diretoria para ter o vínculo renovado. No entanto, o clube depende dos seus times: Grêmio, Corinthians e São Paulo, respectivamente.

Nesse ínterim, um dos primeiros desafios da Ponte Preta vai ser a disputa do Campeonato Paulista. Bem como, a primeira rodada está prevista para o dia 26 de janeiro e a Macaca vai estrear, fora de casa, diante do Palmeiras, no Allianz Parque.

Foto destaque: Divulgação/Marcio Cunha/ACF

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs