Masters da Macaca vem aí! Craques que marcaram época fazem jogo comemorativo no Majestoso. (Foto destaque: Divulgação/ PontePress)

De antemão, chegou o grande momento com um encontro de feras que vai agitar o Majestoso neste sábado (11). Dessa forma, craques que marcaram época na Macaca se reunirão para o tradicional jogo festivo dos atletas Masters que ocorre todos os finais de ano. Além disso, serão mais de 30 atletas, em seis times para a realização de três jogos.

Vale lembrar, que colocar ídolos e grandes atletas que passaram pelo clube é uma grande responsabilidade. Do mesmo modo, o público vai poder matar a saudade de estrelas como: Luiz Henrique, Polozzi, Alexandre Alves, Odair, Macedo, PC, Elivelton, Ricardo Almeida, Oscar. Bem como, Dicá, Moacir, Parraga, Osvaldo, Ailton Lira, Robson, Brinda, Márcio Luiz, Léo.

Assim também, André Cruz, Chicão, Heitor, Gringo, Toninho Oliveira, Nilton, Juninho Fonseca, entre tantos outros que honraram o sagrado manto alvinegro.

“É uma emoção muito grande conseguir reunir todas estas gerações de atletas. Voltar ao Moisés Lucarelli é sempre um enorme prazer, além de poder contar com a presença de toda Nação Pontepretana para esta grande festa. E quero, também, agradecer à toda diretoria pelo apoio”, diz Dunga, ex-atleta e coordenador do futebol master.

Top 5 Ídolos do futebol: Ponte Preta

Masters da Macaca

Por fim, para matar a saudade o evento Masters da Macaca está marcado para o sábado (11), às 9 horas. Além disso, o entrada do público pode garantir a entrada mediante a entrega de um quilo de alimento não-perecível.

Da mesma forma, os alimentos serão doados para a Sociedade São Vicente de Paulo, de Campinas.

Sendo assim, é esperado um grande jogo para a torcida rever aqueles ídolos que fizeram história vestindo a camisa da Macaca. Ainda mais, ver a festa de término do fim da temporada 2021.

 

Foto destaque: Divulgação/ PontePress

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs