Emprestado pelo Sampaio Corrêa, André Luiz é desfalque da Ponte Preta para a partida. André Luiz e Fábio Sanches durante treino da Ponte. (Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Em primeiro lugar a Ponte Preta terá um desfalque certo para partida na próxima sexta-feira (3), diante do Sampaio Corrêa, em casa. De fato emprestado pelo time o volante André Luz não poderá ser escalado por Gilson Kleina, que perderá um dos destaques de seu time na competição.

Tal como os jogadores do time não falaram, em protesto pelas pendências salariais, mas treinaram normalmente nesta terça-feira (31). Eventualmente o técnico Gilson Kleina não vai ter a chance de repetir a escalação. Outrossim o jogador está impedido de atuar por pertencer ao Sampaio Corrêa. Do mesmo modo está emprestado à Macaca até o fim da Série B.

Da mesma forma a tendência é que Marcos Júnior, titular em São Januário, permaneça no time. Ao propósito com Vini Locatelli, Léo Naldi, Lucas Cândido e até o recém-contratado Yago Henrique disputando a vaga de André Luiz.

Assim também em meio à greve de silêncio e à baixa de André Luiz, uma boa notícia: o esvaziamento do departamento médico.

Juntamente com isso os zagueiros Rayan e Fábio Sanches, que já estavam em transição. Bem como\ o meia Camilo, desfalque diante de Brusque e Vasco devido a dores no joelho, foram a campo nesta terça (31). Outrossim conforme fotos divulgadas pelo clube nas redes sociais.

Do mesmo modo Rayan participou do coletivo com a presença dos reservas. Assim como Camilo e Fábio Sanches realizaram trabalhos em campo.

Em suma a atividade também contou com cinco jogadores das categorias de base. Do mesmo modo por parte do intercâmbio feito pelo clube, os atletas ajudaram a completar os times no coletivo. Assim também tiveram a oportunidade de vivenciar um dia entre os profissionais.

Emprestado

Simultaneamente André Luiz é um dos destaques para a evolução da Ponte na competição que esteve presente em todas as vitórias do time até aqui. Acima de tudo os números são bons, com o volante em campo, o aproveitamento da equipe é de 52,7%. Ainda mais que aumentou em mais de quatro vezes o rendimento antes de sua chegada.

Ocasionalmente o jogador foi um dos responsáveis para dar equilíbrio no meio-campo do time e vai fazer falta para o jogo.

 

(Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs