Diego Tavares promete garra e comenta sobre objetivo do Vila Nova na Série B

Recém-chegado ao Vila Nova, Diego Tavares já estreou com a camisa colorada. A saber, o atacante de 30 anos teve seu nome publicado no BID como jogador do Tigre no dia 23 e já estreou contra o Goiás, na vitória colorada por 2 x 1. Inclusive, o atacante de 30 anos participou da jogada do segundo gol da equipe.

Posteriormente, também entrou durante o duelo contra o Operário, na última terça-feira (28). Do mesmo modo, o Tigre superou o rival por 2 x 1. A partir disso, Diego comentou sobre a experiência de participar do clássico goiano, de jogar diante da torcida colorada e, por fim, falou a respeito do objetivo do time nesta Série B.

“Já foi um prazer enorme vestir essa camisa nesses dois jogos. Pude contribuir com meus companheiros de clube e vou dar sempre o meu máximo. Com o time vencendo, todos ganham. Vamos trabalhar mais para seguirmos melhorando. Pude fazer minha estreia no clássico e, depois, fiquei feliz por jogar diante da torcida, que nos apoiou até o final. A cada jogo queremos nos distanciar da zona de rebaixamento. Vamos fazer o melhor possível dentro da competição. Portanto, vamos trabalhar a cada partida, somando o máximo de pontos possível para no final dar tudo certo e, assim, conseguir permanecer na Série B”, projetou o atacante.

Trajetória de Diego Tavares

Em resumo, o atleta foi artilheiro do São Bento no Campeonato Paulista, com quatro tentos, e estava atuando pelo Figueirense na Série C. Pela equipe catarinense, em 18 jogos, Diego marcou três gols. Além disso, o atacante tem passagens por Paraná, Sampaio Corrêa, Avaí, entre outros.

Próximo compromisso do Vila Nova

Buscando sua terceira vitória consecutiva na competição, o Tigre viaja a Campinas para enfrentar a Ponte Preta pela 28ª rodada da Série B. Dessa forma, as equipes se enfrentam neste sábado (2), às 21h (horário de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli.

Para o duelo, o Vila Nova ainda não deve contar com o lateral-esquerdo Bruno Collaço nem com o meia Renan Mota, ambos no departamento médico do clube. A saber, o primeiro teve diagnóstico de pubalgia e, por fim, o segundo passa por tratamento por conta de uma tendinite no calcanhar. Ademais, Higo não deve ter nenhuma outra baixa no time.

Foto destaque: Divulgação/Vila Nova FC

Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).