Pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro derrotou o Coimbra por 2 x 0. A partida ocorreu nesta quarta-feira (7), na Arena Independência. Assim, o Cabuloso subiu para 3º lugar e agora soma 14 pontos. O clube contagense, no entanto, permanece no Z2 e ainda aguarda o fechamento da rodada para definir sua real posição. Os gols do confronto foram marcados no 2º tempo, pelos reservas William Pottker e Felipe Augusto.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE COIMBRA X CRUZEIRO

1º TEMPO: CRUZEIRO PRESENTE NO CAMPO DE ATAQUE

Durante o primeiro tempo, o Cabuloso foi quem mais envolveu o adversário. Logo no início, Airton ameaçou com chute cruzado pela esquerda, mas a bola passou raspando na trave. Em seguida, Bruno José teve a melhor chance da etapa em contra-ataque celeste. O atacante finalizou rasteiro, mandando a redonda direto na trave adversária. A Raposa ainda levou perigo com Cárceres e Bruno José, sem sucesso.

2º TEMPO: DOMÍNIO E EFETIVIDADE CELESTE

Assim como na primeira etapa, o Cruzeiro teve mais ofensividade que o adversário. Em boa parte do tempo, o Coimbra se manteve recuado, aproveitando contra ataques para reagir. A princípio, tanto Jori quanto Fábio tiveram que trabalhar em chutes de Bruno José e Thomás. O contagense ainda tentou esboçar ofensividade com Diego Henrique, mas a redonda saiu à esquerda do gol de Fábio.

Nesse meio tempo, a Raposa também ameaçou com duas finalizações de Sóbis: ambas travadas. Assim, Pottker e Felipe Augusto saíram do banco de reserva e resolveram a partida. Primeiramente com Pottker, que recebeu livre na grande área e finalizou tranquilamente para abrir o placar aos 30’. 18 minutos depois, nos acréscimos, o outro reserva, Felipe Augusto recebeu bom passe de Rômulo, venceu o zagueiro na corrida e frente a frente com Jori, cravou certeiro.

URT X COIMBRA – E AGORA?

O duelo contra o Coimbra serviu como uma preparação celeste para o clássico. Pela 9ª rodada da competição, a Raposa enfrenta o Galo no Mineirão, no domingo (11), às 16h (horário de Brasília). Todavia, o lado contagense vive o drama do rebaixamento. Isso pois, faltando três jogos para acabar o torneio, o time pode encerrar a atual rodada na lanterna e a quatro pontos do primeiro time fora da zona.

Foto Destaque: Reprodução/Cruzeiro

Avatar
Isabella Cunha
Sou de Belo Horizonte, tenho 22 anos, estudo jornalismo na PUC Minas, sou cartoleira e apaixonada por um time aí. Admiro a influência do futebol na vida das pessoas e, claro... na minha! Essa paixão me move, eu vivo por esse sentimento. E viverei. Tanto pessoalmente, como profissionalmente.

Deixe uma resposta