Foto destaque: Reprodução/ instagram/ Thales Lira

Primeiramente, o zagueiro Thales, titular do Guarani na Série B, se despediu do clube nesta quarta-feira (8), pelas redes sociais. O jogador fez 38 partidas pelo bugre na temporada 2021. Seu novo destino já anunciado é o Operário-PR.

Em suas redes sociais, o atleta subiu um vídeo anunciando o encerramento do seu contrato com o bugre e também fez questão de agradecer à torcida alviverde.

Hoje encerro meu ciclo profissional com o Guarani. Fico feliz demais por ter vestido essa camisa tão pesada que é a do Bugre. Ficam aqui muitas lembranças dos momentos que passamos, muitas dificuldades no caminho, mas conseguimos passar por todas elas. Não conseguimos o objetivo principal – que era o acesso à Série A – mas lutamos até o final. O torcedor pode ter certeza que não faltou dedicação e comprometimento de nossa parte”, disse o jogador.

O contrato do zagueiro se encerrou no dia 30 de novembro. Porém, Thales tinha demonstrado interesse em renovar para 2022.

“Sim, tenho interesse em permanecer. O Guarani foi um clube que me acolheu muito bem. Não só o Bugre, mas também a cidade acolheu minha família muito bem. Estamos conversando sobre a renovação e acredito que seja questão de tempo. Estamos acertando os últimos detalhes que são importantes para mim, mas tenho certeza que teremos um desfecho positivo para ambas as partes… Fico muito feliz com meus números ao longo dessa temporada. Foram muito bons, quase os melhores da minha carreira. Além disso, nessa temporada o Guarani se tornou o time que eu mais defendi na minha carreira também, então eu fico muito feliz de ter tido essa passagem pelo clube em 2021 e pela oportunidade de vestir essa camisa.” disse o zagueiro. 

Segundo o GE, a renovação não teve continuidade pelo fato do jogador e clube não chegarem ao um acordo em relação aos valores. Sendo assim, o zagueiro Thales encerra sua participação no bugre com 38 jogos, sendo cinco pelo Paulistão e 33 pela segunda divisão do Brasileirão.

“Gostaria de fazer um agradecimento especial à torcida bugrina, que sempre me apoiou. Vocês vão ficar guardados sempre na minha memória! Além disso, agradecer a todo o staff do clube que, desde quando cheguei, me deu todo apoio. Foi um orgulho vestir o verde e branco! Mas a vida é assim, ciclos se encerram para novos começarem. Aqui fica todo meu respeito e gratidão pelo clube Guarani! Até breve!”, se despediu o jogador.

Kelvin Vendito
O amor ao esporte me direciona ao futuro. A paixão pelo grito de gol que se ouve em um estádio lotado, mostra o futuro certo que escolhi para a minha vida. O esporte sempre fez parte da minha vida. O esporte é minha vida!