Facundo Ferreyra

Antes de mas nada, o Colo-Colo tem um tempo chave e conturbado no fim da janela de transferência. Visto que Facundo Ferreyra, que tinha tudo certo para se transferir ao Cacique, tomou a decisão de não ir ao Chile para assinar o contrato. Segundo informações fornecidas pela TNT Sports através do jornalista Daniel Arrieta, ele teria tomado esta decisão devido a alguns problemas pessoais.

Desse modo, o atacante teria falado com a diretoria do Blanco y Negro que não ia jogar em Santiago. Bem como, complicando as decisões que tinham sobre o assunto. Assim, a equipe o agurdava como sendo o seu primeiro reforço para o Campeonato Nacional. A princípio, tinha um pré-acordo com o Cacique, mas tudo mudou de um momento para outro para o atacante mudar de ideia.

Sendo assim, o contrato foi fixado. Hoje à tarde teve de se submeter ao exame médico, mas mais uma vez o romance do Colo-Colo e o número 9 não teve um final feliz. Facundo Ferreyra acabou de informar o conselho de administração que por razões pessoais não irá ao Chile.

Conforme os últimos  dados apurados pelo En cancha, que até expressou surpresa com o movimento repentino de última hora. Ferreyra tinha assinado um pré-acordo ontem à noite sujeito a passar ao médico para um contrato até junho de 2022. Contudo, essa tarde, informou para os diretores do clube da sua decisão.  Assim, Gustavo Quinteros – a menos que apareça uma opção antes das 18 horas quando a janela de transferência se fecha – não terá o número 9 para o qual tanto tem pedido.

Caio Santos

Deixe um comentário