Vila Nova apresenta terceiro uniforme em homenagem a argentinos

Na manhã deste sábado (25), o Vila Nova divulgou seu terceiro uniforme para a temporada. Assim, trata-se de uma homenagem aos argentinos Frontini e Emanuel Biancucchi. A saber, os dois marcaram os gols de três acessos do Tigre para a Série B. Por fim, quem apresentou o novo manto foi o também argentino Nico Maná, que compõe o elenco colorado nesta temporada.

Argentinos fizeram história no Vila Nova 

Em resumo, o primeiro se aposentou dos gramados no início desta temporada e, em seguida, tornou-se gerente de futebol do Tigre. Frontini foi o herói dos acessos de 2013 e 2015. Antes de mais nada, em 2013, no jogo de volta das quartas de final da Série C contra o Treze, que valia o acesso, o Colorado venceu por 2 x 0, com dois gols do atacante argentino.

Em segundo lugar, Emanuel Biancucchi, primo de Messi, defendeu as cores do Tigre na temporada de 2020. Com isso, em 28 jogos, marcou quatro gols, um deles sendo um dos mais importantes do Vila Nova. Assim, contra o Ituano, no dia 17 de janeiro de 2021, meia entrou aos 27’ do 2º tempo, quando estava 0 x 0.

Aos 30’, levou o primeiro cartão amarelo por entrada dura. Posteriormente, aos 32’, arriscou de fora da área e marcou o gol do acesso colorado. No entanto, na comemoração, tirou a camisa e, portanto, levou o segundo amarelo, sendo expulso. Com isso, Biancucchi ficou cinco minutos em campo e fez história pelo Tigre.

Preço promocional na pré-venda

A pré-venda ocorre no site do Manto do Povo (www.mantodopovo.com.br). A saber, a entrega do 1º lote está prevista para o dia 8 de outubro. Inicialmente, a camisa custa R$ 149,90 no preço promocional de lançamento.

Próximo compromisso com o Vila Nova

Após vitória por 2 x 1 em cima do Goiás no clássico goiano, o Colorado recebe o Operário no OBA, em Goiânia, nesta terça-feira (28) às 21h30 (horário de Brasília), pela 27ª rodada da Série B. Em resumo, momentaneamente, o Vila Nova ocupa a 14ª, com 30 pontos. 

Foto destaque: Reprodução/Vila Nova FC

Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).