Na véspera da partida contra o Santa Cruz, treinador Rodrigo Chagas diz que é preciso ter equilíbrio em todas as competições que o Vitória disputar nesta temporada

Paralelo ao estadual, o Vitória fará sua estreia na Copa do Nordeste 2021 neste sábado (27). às 16h (horário de Brasília). Frente ao Santa Cruz, às 16h (horário de Brasília), no Estádio Barradão, o clube projeta iniciar a competição regional fazendo valer o mando de campo. Ainda assim, diferentemente da temporada anterior, o técnico Rodrigo Chagas vai precisar manusear as peças reduzidas que tem no elenco rubro-negro.

Eventualmente, o grupo teve um plantel sub-23, em 2020, que disputou o Campeonato Baiano. Contudo, na temporada atual, o Leão da Barra terá somente um elenco tanto para o regional quanto para o estadual.

Ciente das partidas simultâneas que vai disputar nas próximas semanas, Rodrigo pode usar como alternativa a troca de alguns jogadores entre um jogo e outro. Dessa forma, a proposta de participar das competições na mesma intensidade, mantendo o nível competitivo, estaria atrelada a redução de lesões musculares no primeiro semestre da temporada 2021.

“A gente tem que ter um equilíbrio em todos os aspectos, colocar uma equipe competitiva, como sempre falo. Sabemos que temos um adversário de ótima qualidade, que tem um treinador que está chegando agora e começando a dar a cara. Assistimos ao jogo. Vimos um excelente trabalho, uma ótima estreia que tiveram. Então temos que ter todos os cuidados necessários para não sermos surpreendidos em nossa casa. E que a gente possa ter uma ótima estreia, um grande trabalho, e, se Deus quiser, obtendo um grande resultado”, afirmou o comandante do Vitória.

RODRIGO CHAGAS QUER COMPETITIVIDADE EM TODAS AS COMPETIÇÕES 

Levando em consideração a limitação financeira do clube, o técnico Rodrigo Chagas promoveu diversos atletas da base. Contudo, revelou que trabalha para que o Leão da Barra chegue firme no Nordestão e no Baianão.

“Acho que o discurso, basicamente, é o mesmo. A gente tem que dar importância a toda competição que viermos a disputar. E a Copa do Nordeste não é diferente. É uma competição forte, muito disputada. E a gente está fazendo eles terem a noção do trabalho que temos que realizar nesta competição. Mas, em termos de importância, toda competição tem importância para a gente”, cravou Rodrigo. 

Acima de tudo, para a partida contra o Santa Cruz, que marcará a estreia do time no torneio, o comandante considera importante impor estratégias estudadas para começar o campeonato com os três pontos.

“Pensamento é de resultado positivo. Pensamento é de classificar, competir. Não só individualmente, mas coletivamente, que a gente possa ter uma equipe de qualidade. A gente vai buscar isso no decorrer da competição, com estratégias, colocando a equipe que possa entrar e representar muito bem a nossa equipe na competição”, pontuou. 

Foto Destaque: Pietro Carpi/EC Vitória/Divulgação

Avatar
Pedro Moraes
Falar e escrever sobre futebol é o que há! O Jornalismo Esportivo só me ajudou a ser amante deste esporte, seja ele estadual, nacional ou internacional. Copa do Mundo é vida! Libertadores é pra cardíaco!