A princípio em reunião na última segunda-feira (27), autoridades de segurança e integrantes de torcidas organizadas chegam a acordo. Ainda mais  para volta das bandeiras com mastro em SP.

Assim também participaram o comandante geral da PM, Coronel Fernando Alencar, o delegado responsável por crimes ligados às torcidas, Raul Godoi. Além disso o promotor de Justiça Artur Lemos, além de representantes da comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Do mesmo modo da Vigilância Sanitária do estado. Assim como 14 torcidas uniformizadas de times como Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Ponte Preta e Guarani.

De maneira que as arquibancadas dos estádios de São Paulo estão próximas de voltar a receber público. Da mesma forma também as bandeiras com mastro. Eventualmente a autorização formal ainda depende da elaboração de um protocolo que envolva ações de controle, como números de registros das peças.

Ou seja, que elas fiquem guardadas nos estádios para serem usadas apenas em dias de jogos nas arquibancadas. Da mesma forma a proibição existe desde 1996.

Reunião

Em suma existe a possibilidade de as bandeiras com mastro já retornarem a partir de 4 de outubro, quando o público estará liberado. Simultaneamente seguindo todos os protocolos o público está liberado para frequentar os estádios de São Paulo, com 30% da capacidade, mas desde que as questões burocráticas sejam resolvidas até lá.

Em conclusão o encontro, com o slogan “Dê uma chance à paz”, foi uma iniciativa do ouvidor das Polícias de São Paulo, Elizeu Soares Lopes.

 

(Foto destaque: Divulgação Comunicação da Ouvidoria das Polícias de São Paulo)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs