Festa Azulina! Remo vence mais um clássico e volta à Série B após 13 anos

- Remo aproveita chance, se defende muito bem e conta com Vinícius inspirado para retornar a segundona. Papão liga o alerta para a próxima e decisiva rodada
Remo

Na noite deste domingo (10), o Remo venceu a edição 759 do Clássico Rei da Amazônia, ou RE-PA, contra o Paysandu, no Mangueirão, por 1 x 0. A partida foi válida pela 5ª rodada Quadrangular do Campeonato Brasileiro da Série C de 2020. Dessa forma, com triunfo sobre o maior rival e o empate do Londrina, o Leão Azul Paraense garantiu sua vaga na Série B 2021. Já o Papão ainda depende de uma simples vitória na próxima rodada para subir.

1º TEMPO

A partida começou com o Bicolor Paraense tendo mais posse de bola e cercando a área Azulina. No entanto, o Leão Azul criou a primeira chance de gol. Com 11′, após cobrança de falta de Charles, Rafael Jansen tocou de cabeça à esquerda da meta Azul Celeste, levando perigo. Em seguida, aos 12 minutos, o Papão tentou responder na falta batida por Marlon. Todavia, o goleiro Vinícius chegou antes de Micael e afastou. Desse modo, o Clube do Periça passou tomar do conta campo ofensivo, criando oportunidades.

Aos 22′, Felipe Gedoz arriscou de fora e o arqueiro Paulo Ricardo defendeu. O Remo ameaçava mais a baliza do rival e o gol saiu aos 34 minutos. Felipe Gedoz cobrou uma falta de longe, Paulo Ricardo deu rebote e Salatiel apareceu livre para abrir o marcador. Por fim, o Paysandu quase empatou aos 46′, depois de uma cobrança de escanteio. Nicolas cabeceou, Vinícius defendeu e na sobra Wesley Matos desperdiçou.

2º TEMPO

Na segunda parte, o Paysandu voltou com tudo em busca do empate. Logo no primeiro minuto, após cruzamento na área, Diego Matos pegou a sobra, mas chutou em cima da defesa azulina. O Remo respondeu aos 5′, em rápido contragolpe.  Tcharles invadiu a área Bicolor, mas chutou à direita da baliza. Em seguida, aos 6 minutos, Diego Matos cruzou na área e Rafael Jansen quase fez contra, obrigando Vinícius a fazer grande intervenção. Posteriormente, na marca dos 15 minutos, Gedoz cruzou para Tcharles, mas Uiliam Barros apareceu para afastar.

Assim no decorrer da etapa final, os Azulinos fecharam a defesa e os Bicolores tiveram dificuldades para atacar. Na marca dos 38′, mais uma bola cruzada do Papão. Jefinho cabeceou e Vinícius fez um milagre, Uiliam Barros desperdiçou a sobra. Por fim, o Lobo não aproveitou as chances criadas e o Leão Azul de Antônio Baena comemorou a vitória e horas depois seu acesso para a Série B de 2021.

https://twitter.com/ClubeDoRemo/status/1348433755929800712

PAYSANDU X REMO – E AGORA?

Nesse sentido, com mais um triunfo sobre o maior rival, o Remo chegou aos 10 pontos somados, no 1º lugar. Por consequência, garantiu seu acesso para a Série B com uma rodada de antecedência. Na próxima o Leão Azul recebe o Londrina que precisa desesperadamente da vitória, no Mangueirão, no sábado (16) Já o Paysandu continua com sete pontos, na 2ª colocação do Grupo C. Assim, o Bicolor Paraense visita o Ypiranga na próxima rodada, no Colosso da Lagoa, também no sábado (16). Dependendo apenas de uma vitória para confirmar seu acesso.

MELHORES MOMENTOS – PAYSANDU X REMO

Foto Destaque: Reprodução/Kevin Duck/Remo

Amaury Ferreira
Amaury Ferreira
Escolhi o Jornalismo como profissão, porque desde a minha infância sempre fui fascinado pelos âncoras de telejornais e pelas transmissões esportivas no rádio e na televisão, a relação com meu time do coração também influenciou na minha escolha. Sou uma pessoa bem tranquila, mas que quando acredito em alguma coisa, sempre tento buscar correr atrás.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Topo