No clássico entre Paysandu e Remo disputado na Curuzu, o Remo bagunçou a casa do vizinho em pleno domingo de Páscoa. Assim, venceu o Re-Pa 760 por 4 x 2, neste domingo (4) e mantém os 100% de aproveitamento no Parazão 2021. Em suma, com esse resultado, o Remo soma cinco partidas que não é derrotado pelo Paysandu na história do clássico. Foram quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos disputados entre os clubes.

1º TEMPO – PAYSANDU X REMO

Com 10 minutos de jogo, a rede já estava balançando na Curuzu. Aos quatro minutos, o atacante Dioguinho recebeu no canto e abriu o placar para o Leão. Porém na jogada seguinte, o Papão empatou o clássico com gol de Nicolas de bico, na saída do goleiro.

Aos 12 minutos, o time azulino voltou a ficar na frente do placar com o atacante Lucas Tocantins, que contou com um deslize do goleiro bicolor Victor Souza. Logo sete minutos depois, o Leão marcou mais um com o volante Lucas Siqueira após cruzamento pela esquerda. No finalzinho, o Paysandu assustou no chute de Ruy, enquanto que Victor Souza evitou o gol de Felipe Gedoz para o Remo.

CHANCE DE REAÇÃO

Na volta do intervalo, o Paysandu teve a chance de reagir após Ruy sofrer pênalti. Mas Marlon desperdiçou a cobrança. Logo depois, o Remo construiu a goleada, Rafael Jansen fez o quarto da equipe azulina aos oito minutos.

Então, a equipe azulina passou a se aproveitar do desespero do maior rival, depois que Gedoz e Dioguinho pararam em grandes defesas de Victor Souza, Rafael Jansen, no lance seguinte, pegou uma sobra de bola e estufou as redes.

Dessa maneira, confiante, o Leão Azul trocava passes, esperava o contra-ataque e segurava um placar justo. O 5º gol só não saiu no chute de Edson Cariús porque Victor Souza salvou mais uma, dessa vez, com os pés. O Papão procurou não se entregar, foi pra cima na base do abafa e diminuiu de cabeça com Nicolas, que chegou ao quinto gol no Parazão, artilheiro isolado até aqui.

Os Bicolores pressionaram, mas não tiveram forças para buscar, no mínimo, o empate. Deu Leão Azul no primeiro Re-Pa da temporada 2021: 4 x 2.

Os rivais podem se enfrentar somente nas fases eliminatórias do Parazão, desde as quartas de final ou até mesmo uma possível decisão entre os rivais. A vitória no clássico também deixa o Remo com uma vantagem nos gols marcados: agora são 965 gols remistas contra 963 dos bicolores na história do confronto.

Na próxima rodada, o Remo recebe o Independente na quinta-feira (8) e o Paysandu joga outro clássico: agora será a Tuna na sexta-feira (9), na Curuzu.

Foto Destaque: Reprodução/Remo

Analu Neves
Analu Neves
Paraense apaixonada por futebol, estádios e tudo que envolve esse esporte que me faz arrepiar, gritar, abraçar o desconhecido do lado. Amo escrever e descobrir novas histórias, por isso quero descer da arquibancada e mostrar pro mundo que no campo também é lugar de mulher!

Deixe uma resposta