Reapresentação vasco

Em suma, o Vasco se reapresentou para dar início a sua pré temporada na manhã desta segunda-feira (3), no CT Moacyr Barbosa. Decerto, o que a princípio, seria um novo começo ao Cruzmaltino para o ano de 2022, terá que esperar mais alguns dias. Seis jogadores testaram positivo para a Covid-19 e terão de se isolar até a próxima semana, e assim, iniciar os treinamentos.

Logo pela manhã, o Vasco divulgou que o zagueiro Luís Cangá testou positivo ainda em seu país natal, Equador e não chegou a se apresentar no centro de treinamentos do clube. O mesmo caso aconteceu com o volante Galarza. O jovem paraguaio contraiu o vírus em seu país natal e também não retornou. Decerto, ambos se apresentarão diretamente em Pinheral, interior do Rio de Janeiro, na segunda semana de pré temporada.

Portanto, os outros quatro jogadores com a Covid-19 são: O goleiro Thiago Rodrigues, reforço desta temporada, os laterais Riquelme e Léo Matos, além do meia Nenê. Todos eles estiveram no CT e, ao momento da confirmação do vírus na testagem de rotina, foram liberados para o isolamento.

Mais saídas do elenco do Vasco confirmadas

Em suma, o clube ainda confirmou mais oito saídas do elenco, que fica ainda mais curto para o ano. Definitivamente, os meias Caio Lopes e Lucas Santos, além do atacante João Pedro, todos da base. Caio e João encerram seus contratos neste mês de janeiro e não renovarão. Já Lucas, conversa para ter uma rescisão com a equipe.

Por falar em rescisão, o goleiro Vanderlei e o zagueiro Leandro Castán também estão fora. O Vasco confirmou que nenhum dos dois atletas faz parte do planejamento e treinarão em horários separados do restante do elenco. A direção trata dos casos de ambos de forma lenta, pois os dois tem valores a receber do clube.

Para completar, o atacante Tiago Reis e o lateral-direito Cayo Tenório serão cedidos por empréstimo, ainda sem clubes definidos. Decerto, o Vasco também não contará para o início do ano, com o zagueiro Miranda, que cumpre suspensão por doping, e os meias Weverton e Sarrafiore, que se recuperam de lesões.

Foto destaque: Divulgação/Vasco

 

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!