Ponte Preta x Sampaio Corrêa se enfrentam em jogo dos seis pontos

- As equipes se enfrentam, às 21h30, no Moisés Lucarelli
Ponte Preta enfrenta o Sampaio Corrêa em jogo dos seis pontos no Moisês Lucarelli. (Foto destaque: Reprodução/ Gustavo Biano/EPTV)

A princípio, nesta terça-feira(2). acontece mm dos jogos mais aguardados da 25ª rodada da Série B, Bem como o local é o Moisés Lucarelli, às 21h30 (horário de Brasília). Ainda mais que Ponte Preta x Sampaio Corrêa se enfrentam.

Assim como a  se mantém viva na briga pelo G-4. Assim como vê a oportunidade de bater um rival direto em Campinas. Ou seja, Marcelo Oliveira promete o time no ataque.

Da mesma forma, Sampaio Corrêa deu uma grande arrancada ao sair da zona de rebaixamento e entrar na zona do acesso. Agora, diante de um rival pelo G-4, um empate fora de casa não está descartado nas contas da equipe. Quatro pontos separam os times na tabela de classificação, e os dois buscam a reabilitação no campeonato. A Ponte, oitava colocada com 36 pontos, chega após derrota por 2 x 1, de virada, o adverário foi o CSA na última rodada e viu cair uma série de cinco jogos sem perder.

Além do fim da invencibilidade, a Veterana seguiu sem vencer confrontos diretos na Série B. Bem como são seis jogos até aqui, com cinco derrotas (América-MG, Chapecoense, Juventude, Cuiabá e CSA) e um empate (América-MG).

Em contrapartida a equipe tricolor perde em casa casa para o Brasil de Pelotas por 1 x 0 e quer descolar do equilibrado bolo de equipes que estão dentro do G-4.

Em conclusão, com 40 pontos na terceira colocação, o Tricolor pode sair da zona de classificação em caso de derrota para os donos da casa. No entanto, com a vitória, a Bolívia Querida abriria sete pontos do rival de jogo.

Acompanhar Ponte Preta x Sampaio Corrêa

Desde já a Premiere para todo o Brasil com narração de Júlio Oliveira e comentários de Carlos Eduardo Lino, fará a transmissão deste jogo.

Foto destaque: Reprodução/ Gustavo Biano/EPTV

Ainah Carvalho
Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Artigos Relacionados

Topo