Ponte Preta diante do Cruzeiro acontece no sábado o time tem cinco dias para se preparar para a partida. (Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

De antemão o próximo jogo da Ponte Preta diante do Cruzeiro acontece no próximo sábado (11). Eventualmente o time tem cinco dias para se preparar para a partida, no entanto na tarde desta segunda-fera (6), o time treina de olho no adversário. Tal como a Raposa está com a mesma pontuação da Macaca, mas ainda tem um jogo hoje válido pela 22ª rodada.

Da mesma forma independente de qualquer que seja o resultado do time mineiro, a partida é de seis pontos. Bem com o time do técnico Gilson Kleina, tem como meta conquistar a primeira vitória fora de casa.

Tal como O lateral Rafael Santos não joga, apesar de questões contratuais, uma vez que é emprestado ao time alvinegro pelo Cruzeiro. Primordialmente acredita em um bom resultado. Além disso enfatiza a importância dos treinamentos da semana. Do mesmo modo o jogador atribui a vitória por 3 x 2 contra o Sampaio Corrêa na última rodada justamente aos treinamentos.

“A gente treina muito, se esforça no treino para que venha a conquista. Para quem trabalha, o resultado chega”

Juntamente com isso Ivan segue a mesma linha de pensamento e afirma que o esforço conjunto dos atletas se reflete no gramado. Do mesmo modo razão pela qual o time tem apresentado uma evolução crescente.

“Quando a gente faz as coisas certas, trabalha e se dedica, vem a vitória”, afirma o camisa 1 alvinegro.

Ponte Preta

Nesse ínterim o atacante Yago Henrique, que estreou na última rodada e por pouco não deixou o dele no fundo das redes, o jogador diz sobre o último jogo.

“Quase fiz o gol, mas importante foi que a vitória veio. Sofrida, na raça, com cara de Ponte, mas graças a Deus veio. E vamos trabalhar muito que vai ter mais”, conclui.

Em conclusão a Ponte Preta treina em Campinas diariamente nesta semana até quinta-feira (9), quando embarca de tarde para Belo Horizonte. Ainda mais que deverá ocorrer a última atividade antes da rodada 23.

(Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs