Ponte Preta se reapresenta para enfrentar o Botafogo. (Foto destaque: Diego Almeida/PontePress)

Em primeiro lugar, a Ponte Preta começou a semana animada, após a vitória por 1×0 contra o CRB.  Assim como, a equipe alvinegra se reapresentou e treinou na manhã desta segunda-feira (8), no CT Jardim Eulina.

De maneira que, focada no próximo adversário que é o Botafogo e a partida acontece na próxima quinta-feira (11), em casa novamente.

Assim também, na reapresentação, os jogadores que entraram em campo no domingo fizeram um regenerativo. Em contrapartida, aqueles que não atuaram tiveram uma atividade com bola. Da mesma forma, para o jogo da próxima quinta-feira (11), dois atletas serão avaliados pelo departamento médico.

Simultaneamente, Léo Naldi, meia e autor do gol da vitória sobre o CRB, e o zagueiro Rayan sofreram torções no tornozelo. Do mesmo modo, foram substituídos durante a partida e vão passar por exames.

Eventualmente, a Macaca chegou aos 42 pontos – quatro a mais que o Londrina, primeiro time da zona do rebaixamento. Por outro lado respirou no campeonato.

Nesse ínterim, com mais uma vitória, o time ficará bem perto de garantir a permanência na Série B. Segundo as contas de Gilson Kleina, com 45 pontos é a projeção para continuar na Série B.

Em conclusão, fase final da Série B- faltam 4 jogos- e o jogo contra o Botafogo, na quinta-feira (11), válido pela 35ª rodada. Bem como, acontecerá no Moisés Lucarelli, a partir das 19h.

Em suma, as equipes já se encontraram 25 vezes. De maneira que em duelos espalhados pela Brasileirão, Robertão e Torneio Rio-São Paulo. Por outro lado o Fogão tem certa vantagem com 12 vitórias, já a Macaca soma 8, além de 5 empates.

 

Foto destaque: Diego Almeida/PontePress

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs