Permanência de Cano é dúvida para 2022

Em suma, no pior momento da história do clube, após a confirmação da permanência na segunda divisão para 2022, poucos jogadores estão em paz com a torcida. Decerto, nem os principais nomes dos últimos anos, como o caso de Germán Cano, vem escapando de críticas. O atacante teve nos pés, a chance de colocar o time mais perto da vaga do acesso, mas perdeu o pênalti contra o Guarani.

Portanto, xodó da torcida, o argentino passa por um momento de relação ruim com as arquibancadas. No jogo contra o Botafogo, em São Januário, era possível ouvir alguns torcedores pedindo sua saída. Outros, no entanto, defendiam o camisa 14, que já marcou mais de 40 gols com a camisa do Vasco em menos de dois anos.

Renovação ou saída de Cano

A realidade dos fatos é de que o contrato de Cano termina no final deste ano. As conversas sobre renovação ainda estão em estágio inicial, já que ambas as partes terão que ceder números, para que o vínculo continue. Decerto, por parte de Cano, já se sabe que o desejo de ficar, existe. O jogador se sente em dívida por não conseguir ajudar o time com o acesso. Entretanto, o alto salário seria a principal dificuldade para a renovação. Cano é o atleta com o maior salário no elenco em 2021 e somente ficará, se houver um reajuste.

Por parte do Vasco, além do salário, também existe a dúvida de quem comandará o futebol no ano que vem. Decerto, com o fracasso desta temporada, a pressão para a saída de Pássaro é grande e assim, outro diretor teria de decidir se é viável, ou não, a permanência do argentino. Ainda assim, com a garantia de que estará a frente do futebol até o fim do campeonato, no dia 27/11, na última coletiva, Pássaro já avisou que tem reunião com o empresário de Cano e tentará resolver tudo para que o casamento entre Vasco e Germán, continue.

Foto destaque: Reprodução/Vasco

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!