Operário-PR x Criciúma como aconteceu – resultado, destaques e reação

Na tarde deste sábado (7), Operário-PR x Criciúma entraram em campo pela 6ª rodada do Brasileirão Série B 2022. Em suma, o elenco do Fantasma dominou a partida e conquistou os três pontos no GK. A saber, o confronto terminou no 2 a 0.

Assista aos melhores momentos de Operário-PR x Criciúma

1º tempo: domínio do Operário, dois gols e vitória!

O início da partida foi como a maioria dos confrontos do Fantasma no GK. Em outras palavras, o fator casa fez diferença e não demorou muito para o elenco abrir o placar da tarde. A saber, aos 07′, Fabiano recebeu e cruzou para Reina que, consequentemente, mandou direto para o fundo do gol. Em seguida, os mandantes dominaram os lances e mais uma vez marcaram. Ou seja, Paulo Sérgio em uma bela cobrança de falta acertou o segundo gol do grupo. Enquanto isso, o Criciúma até tentou encaixar para o lado de ataque do seu adversário. Entretanto, apesar das boas oportunidades, não conseguiram mudar o resultado.

2º tempo: pressão do Criciúma, mas permanência do triunfo do Operário

Na volta do intervalo, os visitantes entraram em campo tentando recuperar os lances perdidos. Em outras palavras, foi nos minutos iniciais que o elenco do Criciúma assustou os mandantes. Ainda mais, pressionaram a primeira etapa desse segundo tempo para acertarem o fundo do gol adversário. Entretanto, mais uma vez não conseguiram marcar. Enquanto isso, o grupo alvinegro soube segurar o resultado conquistado no início da partida e, consequentemente, impediram os passes do Tigre. Dessa forma, terminaram o confronto como o final do primeiro tempo, no 2 a 0.

Operário x Criciúma – e agora?

Sendo assim, com essa vitória a equipe do Operário chega ao 8º lugar com oito pontos. A partir de agora, segue para encontrar o elenco do CSA, no sábado (14), às 20h30 (horário de Brasília), no Estádio Rei Pelé. Enquanto isso, essa derrota coloca o grupo do Criciúma na 14ª colocação com seis pontos. Dessa forma, se prepara para enfrentar o CRB, no mesmo dia, mas às 11h (horário de Brasília), no Heriberto Hülse.

Foto Destaque: Reprodução/ André Jonsson/ OFEC

Amanda Scarlatt
Amo poder ter o jornalismo como a minha maneira de expressão. Sou apaixonada pelo meio digital e tudo que podemos construir nele na comunicação. Acredito fielmente na essência de uma boa matéria jornalística: a investigação. Afinal, independente da sua editoria e formato, o jornalismo pode mudar vidas. Enfim, VIVA O JORNALISMO!