Matheuzinho chega ao Vila Nova em busca do terceiro acesso na carreira

Em suma, contratado como “presente de ano novo” e anunciado nos primeiros minutos de 2022, o meia Matheuzinho, de 22 anos, foi apresentado nesta terça-feira como jogador do Vila Nova.  Após ter atuado no Atlético-GO no ano de 2019, ele afirmou que sente-se em casa em Goiânia, onde constituiu residência e família já está adaptada, e que foi bem recebido no Tigrão.

 Apresentação do atleta

O jogador afirma que há uma grande responsabilidade de vestir a camisa colorada. Entretanto, confia no trabalho que o clube vem realizando e também no potencial do elenco montado. Em entrevista o atleta disse:

“Sou muito grato pela forma como minha contratação foi conduzida, com muito carinho e honestidade, que fazem a gente se dedicar ainda mais. A responsabilidade é grande, tenho consciência disso, mas como um grupo, vamos dividir a responsabilidade, não tem ninguém melhor que ninguém. Venho para somar, fazer meu melhor e ajudar o clube a conquistar os objetivos” – disse o meia.

Em síntese, o novo jogador do Vila tem acessos conquistados no Atlético-GO e no Juventude em anos seguidos e espera que o Vila Nova possa entrar forte na luta por uma vaga na primeira divisão do ano que vem.

“Não venho a passeio. Em dois anos, conquistei dois acessos seguidos e vou em busca do terceiro. A gente sabe da responsabilidade e da dificuldade, mas estamos nos preparando. O Vila está se encorpando, o elenco é muito forte, acompanhei a reta final da Série B, foi um segundo turno muito consistente e manter a base foi muito importante. O planejamento está sendo muito bem feito.”

 Matheuzinho afirma que não haverá disputa com Wagner por vaga

Embora Matheuzinho atue tanto por dentro, como um meia, ou aberto como um atacante, o jogador minimiza a disputa direta com Wagner.  Segundo o atleta, o técnico Higo Magalhães saberá extrair o melhor de cada atleta.

“Eu acredito que o Higo é um grande profissional, um baita treinador que sabe conduzir da melhor maneira possível o elenco. Então eu acredito que a peça fundamental para isso é você saber as características e onde um jogador pode render mais. Recentemente eu vi uma entrevista do Mourinho e ele fala de jogadores que são pilares no mundo e saber tirar o melhor de cada um. Então acredito que o Higo vai saber isso. Independente se eu jogar por dentro, jogar aberto, se jogar com dois meias. Enfim, a gente está aqui para poder ajudar o Vila Nova para poder fazer nosso trabalho e fazer bem feito. Se tudo der certo, se eu jogar do lado do Wagner vai ser um privilégio muito grande”, afirmou Matheuzinho.

Matheuzinho busca o título goiano pelo Vila Nova

Por fim, o atacante colorado vem com o intuito de conquistar o acesso para a Série A do Brasileiro, o campeonato estadual também é o objetivo. Apesar de ter batido na trave, ao ser vice-campeão em 2021, Matheuzinho destaca a força e o tamanho do Vila Nova para ficar um período tão longo sem conquistar o Goianão. O atacante lembra também que o Vila Nova não deve ficar olhando para os adversários e sim, buscar o melhor internamente, para brigar pela conquista do Goianão 2022.

Foto destaque: Divulgação/Douglas Monteiro

Matheus Santos
Setorista do Cabofriense-RJ / Vila Nova-GO ,20 anos, carioca e apaixonado por futebol, me segue no Instagram para saber mais.

Deixe um comentário