Mais um jogador liberado para o Dérbi. (Foto destaque: Álvaro Jr./PontePress)

De antemão mais um jogador liberado para o Dérbi. De maneira que o Departamento Médico da Ponte Preta na última terça-feira (14), disponibilizou mais um jogador para o Dérbi 201. De maneira que Iago fpode para compor o elenco de Gilson Klein Iago. Além disso se torna uma das opções do técnico.

Assim também o atleta entrou no segundo tempo da última partida da Macaca, contra o Cruzeiro. Tal como o atacante completou somente 20 minutos em campo, sendo substituído por Thalles após acusar fortes dores no tornozelo direito. Juntamente com isso após exames de imagem realizados pelo DM, foi descartada qualquer chance de contusão.

Por outro lado Iago foi liberado para se reapresentar somente na última terça-feira (14), um dia após a reapresentação do elenco. Ocasionalmente já foi reintegrado aos trabalhos, retomando os treinamentos. Do mesmo modo se mostrou à disposição do comandante Kleina para o  clássico campineiro.

Mais um liberado

Em suma, Iago não deve se encontrar entre a lista de titulares para o dérbi. Segundo as expectativas do clube, Moisés terá condições de disputar a próxima partida, formando a dupla de pontas com Niltinho – também já liberado pelo DM.

Por outro lado, os atacantes Rodrigão e Niltinho, desfalques em Minas por problemas físicos. Do mesmo modo Rodrigão com virose e Niltinho transição após desconforto. Da mesma forma os atletas treinam normalmente com o elenco desde a reapresentação e devem ficar à disposição de Gilson Kleina. Por outro lado o lateral-direito Felipe Albuquerque também saiu após acusar desgaste, mas não preocupa para o dérbi.

Nesse ínterim a Macaca também tem o retorno do lateral-esquerdo Rafael Santos, impedido de atuar diante do Cruzeiro por pertencer ao clube mineiro, além do próprio Gilson Kleina, livre de suspensão.

Em conclusão com 25 pontos, a Macaca caiu uma colocação e agora aparece à beira da degola, em 16º.

 

 (Foto destaque: Álvaro Jr./PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Deixe um comentário