Gilson Kleina durante treino da Ponte Preta. (Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Inicialmente nesta sexta-feira (27) Gilson Kleina em entrevista coletiva virtual exprimiu sobre os problemas que o técnico Lisca está passando para acertar o time do Vasco e certa vantagem que a Ponte Preta leva para o duelo. Decerto o técnico afirma que cada jogo é uma história e o mais importante é o comportamento do time no jogo:

“Que possamos ser uma equipe equilibrada muito competitiva porque eu acho que essa vontade de vencer ela tem que estar muito bem aflorada nesse jogo e a gente respeita todo adversário sabe que é um jogo difícil e temos que chegar em Sao Januário com nossas pretensões e ambição de buscar a vitória”

Ao mesmo tempo o comandante pontua sobre a opção de repetir a escalação. Decerto além de contar com a volta de Kevin, livre de suspensão, o treinador tem à disposição o lateral-esquerdo Marcelo Hermes. Juntamente com isso o atleta está documentação regularizada. Similarmente Felipe Albuquerque e Rafael Santos foram os titulares na vitória sobre o Brusque na direita e na esquerda, respectivamente.

“Nossa linha de quatro foi consistente contra o Brusque. Tentamos melhorar alguns ajustes. Temos a volta do Kevin e a novidade do Marcelo, mas vamos dar um passo de cada vez. A gente fez essas trocas durante a semana, ainda temos mais dois treinos para decidir.” afirmou.

O treinador deve manter o time titular do jogo diante do Brusque:

“Importante a gente sempre poder repetir a equipe quando tem um crescimento. Independentemente de quem for entrar, a gente ganha opções para encorpar o elenco. Não é toda hora que você consegue repetir o time. Isso é muito importante para o segundo turno. Foi uma semana de recuperação e também de ajustes. Tentamos melhorar uma situação de marcação para ter uma equipe mais coesa em São Januário”.

Kleina

Em relação ao volante Yago Henrique, outro reforço regularizado durante a semana. Assim também Kleina acredita que Hermes esteja fisicamente um estágio à frente para já ser relacionado para a partida:

“Vejo o Marcelo um pouco à frente do Yago fisicamente, de repente podemos convocar o Marcelo”.

Em suma, o clube garantiu que depositou a CLT de julho nesta sexta-feira (27) e os direitos de imagem, que vencem a cada dia 28. Ou seja, caminham para para o terceiro mês em aberto (junho, julho e agosto).

“Peço aos atletas que a gente tenha foco no jogo de domingo, foco no Vasco. Isso é uma questão administrativa, e deixo para eles resolverem”.

Em conclusão com 22 pontos, a Ponte aparece fora da zona de rebaixamento.

 

(Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs