Acompanhe outras declarações de Kleina após o empate da Ponte Preta. (Foto destaque: André Palma Ribeiro)

Desde já Kleina falou sobre o empate com gostinho de derrota entre Avaí x Ponte Preta na última terça-feira (5) na Ressacada, em Florianópolis. Assim também o comandante disse estar satisfeito com o resultado.

“Temos de comemorar esse ponto, sim. Ponto valioso. O momento do Avaí, com todo o clima. O Avaí estava falando em título, e a gente entrou para fazer o jogo. Tenho que só enaltecer o trabalho de todos os atletas. Está todo mundo de parabéns. A fala do Alarcon representa o nosso sentimento depois do jogo contra o Vila. Entendemos que tiraram dois pontos de nós. O VAR veio para fazer justiça. Eu não consigo entender quando o VAR chama uma situação inexistente. Houve uma revolta. Na reapresentação ainda estava todo mundo indignado. Fico feliz da reação, da postura, da atitude que a equipe teve”

De maneira que Kleina ressaltou sobre a polêmica no último sábado (2) contra o Vila Nova. Bem como o árbitro marcou o pênalti que não existiu no fim do jogo. Tal como falou que um dos assuntos falado na palestra foi isso. Assim como sobre revolta que tiveram:

“A gente pediu para esquecer a arbitragem, focasse no jogo. São situações que fogem da nossa alçada. O Avaí vinha de quatro vitórias, sendo uma muito convincente sobre o Botafogo, e está brigando em cima da tabela. Acho que o time cresceu durante o jogo. Depois o time encaixou, conseguiu fazer algumas mudanças pontuais que dificultou e desequilibrou a marcação do Avaí”.

Kleina

Segundo o treinador  a opção por escalar três volantes, com Léo Naldi no lugar de Camilo a aposta Naldi foi o responsável pelo gol de empate.

“Entramos com três volantes e ganhamos o meio no decorrer do jogo. Se você não tiver boa marcação contra o Avaí, você sofre com a qualidade dos jogadores deles. A estratégia era de fechar as articulações e as infiltrações por dentro. Agora sentar com calma e poder recuperar os atletas para daí conseguir dizer qual atleta preocupa, qual poderemos contar.

Juntamente com isso comentou sobre os volantes de características de intensidade forte.

Em conclusão com o empate  a Macaca chegou aos 34 pontos, se garantindo fora da degola por mais uma rodada. Da mesma forma o próximo duelo será contra o Náutico, em no próximo sábado (16) na volta da torcida ao Majestoso.

 

(Foto destaque: André Palma Ribeiro)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs