Juninho

América-MG está classificado para a Libertadores após uma temporada histórica para o clube. Agora que os jogos acabaram, começa o planejamento para 2022. Assim, depois de anunciar a dispensa de sete atletasCoelhão mantém um dos seus maiores ídolos. A saber, o volante Juninho, capitão do time, fica no CT Lanna Drummond por mais dois anos. O acerto vem depois de o jogador revelar uma incerteza do seu futuro e deixar a torcida um tanto preocupada.

Juninho renova com o América-MG

O volante Juninho chegou ao América-MG em 2016, emprestado do Athletico-PR. Assim, o capitão já coleciona seis temporadas completas pelo Coelhão. Porém, o jogador acertou sua renovação por mais dois anos, e fica no clube até, ao menos, o fim de 2023. De acordo com o site oGol, o atleta já tem 273 partidas no Deca, com 17 gols e oito assistências. Além disso, apenas neste segundo turno, ele balançou as redes três vezes.

Dessa maneira, Juninho terá mais tempo para escrever mais capítulos da sua história com o América-MG. Aliás, será o capitão da disputa da Libertadores, que pe algo inédito na história do clube.

Mistério

Antes da decisão contra o São Paulo, o jogo mais importantes da história do clube, Juninho atendeu à Imprensa no CT do clube. A saber, quando foi perguntado sobre renovação, ele desconversou.

“Lógico que o meu desejo é de permanecer no América. Esse desejo o clube já sabe, só que eu acho que tem coisas mais importantes agora a serem discutidas no momento”, disse.

Além disso, ele ainda mencionou “outras situações” que poderiam tirá-lo do América-MG em 2022. Mas, o capitão prometeu comprometimento com o objetivo na última rodada do Brasileirão.

“Lógico que já teve algumas conversas e já chegaram também outras situações, mas eu estou bem focado em conseguir nosso objetivo de deixar o América com essa vaga na Libertadores junto com os companheiros”, complementou.

Juninho
Juninho em ação pelo América-MG contra o São Paulo. (Foto: Divulgação / AFC)

Porém, apesar de desconversar sobre seu futuro naquele momento decisivo, Juninho não demorou nem 48 horas para acertar sua renovação com o América-MG. A saber, o jogo aconteceu na quinta-feira (9), às 21h30, e o anúncio do seu “fico” foi no sábado (11), às 17h. Assim, o ídolo, imortalizado em um bandeirão de torcida, fica para o capítulo mais importante da história do Coelho.

Foto destaque: Divulgação / América FC

Caian Oliveira
Minha paixão sempre foi o futebol. Mas, nunca sonhei em ser jogador. Não, meu sonho de moleque era levar o futebol às pessoas através da Comunicação. E aqui estou, realizando meu sonho.