Jogo dos seis pontos diante do Cruzeiro. (Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

De antemão a Ponte Preta fez último treino nesta quinta-feira (9) no Moisés Lucarelli para o jogo contra o Cruzeiro. Tal como o time vai encerrar a preparação para o duelo de sábado, às 11h, em Sete Lagoas, também em Minas Gerais.

Evetualmente antes da atividade, realizada no Estádio Moisés Lucarelli, o técnico Gilson Kleina confirmou, a estreia do lateral-esquerdo Marcelo Hermes. Bem como o jogador vai substituir Rafael Santos, impedido de atuar por questões contratuais, já que está emprestado pela Raposa.

“Estamos pedindo para a gente manter o jeito de jogar, mas também com estratégia. Isso também é importante: não é só a manutenção da equipe, com a entrada do Marcelo e algumas situações que a gente tentou durante a semana. É saber aguentar, ter esse comprometimento para sair com a vitória ao fim dos 90 minutos”.

Por outro lado a Ponte vai ter pelo menos mais uma mudança, sofreu uma lesão no tornozelo direito. Assim também a tendência é que André Luiz, que volta a ficar à disposição e assuma a vaga e forma a dupla de volantes ao lado de Marcos Júnior.

Jogo dos seis pontos

Em suma com 25 pontos a Ponte tem dois a mais que o Vitória, que abre a zona de rebaixamento. Juntamente com isso busca a primeira vitória fora de casa na Série B para tentar se afastar da zona de rebaixamento.

Nesse ínterim o técnico comentou sobre a chegada de mais um reforço: Matheus Anjos. Do mesmo modo Kleina ressalta a chegada do atleta fazendo um trabalho de fortalecimento e alinhamento para ficar à disposição. Além disso reforçou citando Camilo que todos agregam muito não só na parte técnica, mas também coletivamente.

Para finalizar sobre o jogo que é o último jogo antes do dérbi Kleina comentou:

“Estamos no foco do Cruzeiro. A gente sabe que antecede o dérbi. Mas estamos pensando no sábado. Sabemos que é importante somar fora de casa, buscar a primeira vitória fora e ter uma sequência de resultados positivos. Mobilização é total para o jogo contra o Cruzeiro. Para que a gente leve a força que vem tendo no Moisés como visitante também”.

 

(Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs