Igor Paixão vira peça fundamental no Coritiba; Gamalho de olho em recorde

Em suma, o atacante Igor Paixão, de 21 anos, do Coritiba vem evoluindo em 2021 e se tornou peça fundamental no sistema tático do técnico Gustavo Morínigo. Desse modo, o jovem que subiu da base em 2019, está se firmando na equipe após ser emprestado ao Londrina no ano passado. 

Assim, os números de Paixão demonstram o seu crescimento. Portanto, é o segundo atleta com mais participações diretas para gol do Coxa, atrás apenas do centroavante Léo Gamalho. Até porque foi dele a assistência para o tento de Luciano Castán na última partida contra o Operário-PR. 

Em primeiro lugar, na lista de artilheiros, o jogador é terceiro mais goleador com nove gols, a sua frente estão Waguininho com 10 e Léo Gamalho com 22. Assim, ao todo, são nove gols e sete assistências na temporada 2021. 

“Muito feliz por ser o segundo artilheiro do Coritiba no ano. É muito gratificante para mim. Dá mais confiança estar marcando. Agradeço ao professor Morínigo por me dar essa continuidade. Estou mostrando o meu melhor”, afirma o camisa 98. 

Participações diretas em gols de Igor Paixão no Coritiba em 2021 

Jogador  Gols  Assistências  Participações diretas 
Léo Gamalho  21  4  25 
Igor Paixão  9  6  15 
Waguininho  9  3  12 
Rafinha  1  11  12 
Val  4  5  9 

Fonte: ge 

De antemão, olhando apenas para a Série B, são seis tentos em 30 jogos. Sendo assim, essa boa sequência está dando confiança ao atacante. Por isso, ele é um dos poucos no elenco Alviverde que já fala em título. 

“A gente tem grande chance de conseguir o acesso e ser campeão. Estamos trabalhando forte para conseguir isso”,  disse o atleta.

Desse modo, com Igor Paixão em campo, o Coritiba venceu o Operário-PR, nesta última quarta-feira (3), por 3 x 1, no Couto Pereira. Logo, o Verdão chegou aos 61 pontos, ficando apenas três da pontuação que garante o acesso para à elite do futebol nacional. 

Além de Igor Paixão, outro nome que vive fase excepcional na carreira é o camisa 9, Léo Gamalho. Em suma, o atleta de 35 anos, está vivendo uma das fases mais artilheiras. Desse modo, o centroavante já tinha quebrado seu jejum de cinco jogos sem marcar, e alcançou a marca de 22 gols na temporada.

Logo, o “Ibra das Araucárias” se tornou o segundo maior goleador do Coxa em um mesmo ano nesta década. Portanto, ele ultrapassou os números de Rodrigão em 2019, que marcou 21 tentos, sendo peça fundamental no acesso para à elite. 

Veja abaixo os artilheiros do clube na última década: 

  • Bill (2011) e Alex (2013): 27 gols 
  • Kleber Gladiador (2016): 23 gols 
  • Rodrigão (2019) e Léo Gamalho (2021): 21 gols 
  • Everton Ribeiro (2012): 18 gols 
  • Raphael Lucas (2015): 17 gols 
  • Kleber Gladiador (2017): 16 gols 
  • Guilherme Parede (2018) e Robson (2020): 12 gols 
  • Alex (2014): 10 gols 

A princípio, restam apenas sete jogos na Série B, com isso, Gamalho tem a possibilidade de superar Kleber “Gladiador”, Bill e Alex no ranking de gols. Desse modo, o primeiro marcou 23 em 2016, já os outros, fizeram 27 em 2011 e 2013 respectivamente. Por isso, o camisa nove vai ter que marcar ao menos um gol por jogo, ou seja, sete nos últimos compromissos do Verdão.

Em suma, o jogador também é importante na Série B. Porque é o vice-artilheiro com 15 tentos, dois atrás de Edu, do Brusque. Assim, retratando a temporada para o Coritiba, 2021 é o segundo melhor ano da carreira de Léo Gamalho no quesito gols. Sendo assim, em 2014, quando atuava pelo Santa Cruz, o centroavante fez 34. 

Próximos jogos do Coritiba  

  • Náutico: 06/11, sábado, 16h30 – Aflitos 
  • Goiás: a definir – Serrinha 
  • Brasil de Pelotas: a definir – Couto Pereira 
  • CSA: a definir – Couto Pereira 
  • Ponte Preta: a definir – Moisés Lucarelli 

Foto destaque: Divulgação/Coritiba

Cristian Moraes
Estudante de jornalismo que sonha em trabalhar nos maiores eventos esportivos do mundo. E, assim, ser referência na área. Meu principal objetivo é ser correspondente internacional em Turim ou Londres. Sou fascinado por futebol, e como o esporte influencia às pessoas, e o mundo. Não me limito apenas a assistir, mas a consumir em sua totalidade, estudando e entendendo regras, conceitos, histórias e tudo que envolve o mundo das quatro linhas. No entanto, gosto de acompanhar outras modalidades, como: Basquete, Surf, Futebol Americano, Hóquei, Tênis, dentre tantas outras. Junto isso, tenho o amor pela leitura e a escrita como minhas aliadas na hora de passar para os meus textos, todas as sensações e emoções que estou sentindo, ao lado de informações relevantes com apuração precisa. Seja bem-vindo (a)!