Hora de aproveitar, a Ponte chega para o jogo diante do Operário na quarta-feira (22) com resultados que mostram momento diferente na Série B (Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Primeiramente é a hora de aproveitar! Assim também a Ponte Preta chega para o jogo diante do Operário na próxima quarta-feira (22) com resultados que mostram momento diferente do primeiro turno da Série B do Brasileiro.

A saber o aproveitamento sete vezes maior nas primeiras rodadas do segundo turno mostra uma volta por cima do time no início do campeonato. De maneira que com adversário fortes nas cinco primeiras rodadas do Brasileiro, a Ponte conquistou apenas um ponto dos 15 possíveis, no empate em 1 x 1 com o Vasco no Majestoso. Do mesmo modo veja os resultados do primeiro turno:

  • Brusque 2 x 1 Ponte Preta
  • Ponte Preta 1 x 1 Vasco
  • Sampaio Corrêa 1 x 0 Ponte Preta
  • Ponte Preta 0 x 1 Cruzeiro
  • Guarani 1 x 0 Ponte Preta

Da mesma forma o time era o lanterna do Z-4 e conseguiu se recuperar. Ocasionalmente a partir da nona rodada, voltou a se mover na tabela. Com intuito de sair da situação o momento em que houve um certo respiro foi no início do returno. Juntamente com isso os mesmos cinco adversários que assombraram a Ponte nas primeiras rodadas enfrentaram uma equipe mais consistente. Além disso, diante da sequência foram sete pontos conquistados. Em contrapartida veja os resultados do segundo turno:

  • Ponte Preta 3 x 0 Brusque
  • Vasco 2 x 0 Ponte Preta
  • Ponte Preta 3 x 2 Sampaio Corrêa
  • Cruzeiro 1 x 0 Ponte Preta
  • Ponte Preta 0 x 0 Guarani

Hora de aproveitar!

Simultaneamente fora da zona de rebaixamento há oito rodadas, a Macaca ocupa atualmente a 15ª colocação, com 26 pontos. Em suma vai em busca da primeira vitória como visitante na Série B. Similarmente em 12 jogos fora, a equipe somou apenas quatro pontos dos 36 pontos disputados.

Em conclusão a equipe visita o Operário-PR, na quarta-feira (22). Bem como a partida da 25ª rodada está marcada para as 21h30, no Germano Kruger, no Paraná.

 

(Foto destaque: Álvaro Jr/ PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs